Governo do Estado define empresa que vai executar obras da RJ-100

Resultado da licitação foi publicado no D.O desta quarta, 12
 

O Governo do Estado acaba de dar mais um passo para a recuperação da RJ-100, que liga o Viaduto de Maria Paula (na RJ-104) ao Rio do Ouro (na RJ-106). O resultado da licitação – realizada em 13 e 25 de fevereiro e que definiu a empresa responsável pelas obras de terraplanagem, drenagem, pavimentação e serviços complementares na via – foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro desta quarta-feira, 12. A vencedora é a Construlagos Construtora Ltda que, a contar do início do trabalho, tem 304 dias para concluir as obras orçadas em R$ 16,7 milhões.

 

 

As intervenções fazem parte de um amplo projeto elaborado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca (Sedrap) para beneficiar diretamente milhares de moradores de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e até municípios da Baixada Litorânea.

 

 

Para o secretário estadual Felipe Peixoto que, à frente da Sedrap, conseguiu em setembro, por meio de decreto assinado pelo governador Sérgio Cabral, garantir a reestadualização da via, as obras são necessárias e urgentes para desafogar o trânsito da região.

 

 

“A RJ-100 é uma importante via de ligação entre Niterói e São Gonçalo e está sem receber melhorias há anos. Essas obras de recuperação e também de modernização trarão benefícios significativos para a mobilidade urbana. É realmente uma grande conquista”, afirmou o secretário.

A obra

 

Essas primeiras intervenções acontecem em duas etapas, começando pela duplicação de mais de um quilômetro do trecho entre a RJ-104 (Viaduto de Maria Paula) até a localidade de Boqueirão, em Maria Paula, e seguindo com a pavimentação, sinalização e criação de ciclovia entre Maria Paula e Rio do Ouro. Depois, será a vez da implantação da terceira faixa na Serrinha, no trecho entre o trevo de Maria Paula até a RJ-106, em Rio do Ouro.

 

Governo do Rio

2 comentários

  1. eduardo

    resta saber quem vai pagaros reparos nos nossos carros, com a demora dsta s obras. de qualquer maneira vai ser um alivio, pois como esta, não conseguimos nem andar a pé.

  2. zacaria gomes da silva

    sou construtor neste ramo costaria de faser parte deste maguífico progeto parao bem de todo a nesta região