Liceu de Humanidades de Campos ganha reforma

Investimento foi de R$ 8,8 milhões em obras, mais R$ 400 mil em equipamentos e mobiliário
 

Liceu-de-Humanidades-de-CamposInaugurado em novembro de 1880, o Liceu de Humanidades de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, reviveu nesta segunda-feira (10/3) seus dias de glória ao ter as obras de reforma e ampliação apresentadas aos moradores do município. A edificação, considerada um ícone da cidade, recebeu um investimento da Secretaria de Educação de R$ 8,8 milhões em obras. Para a compra de equipamentos e mobiliário foram gastos R$ 400 mil.

Tombado pelo Instituto Estadual de Patrimônio Cultural (Inepac) em 1988, a edificação exigiu intervenções delicadas. Os trabalhos foram executados pela Emop (Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro), vinculada à Secretaria de Obras, em dois prédios diferentes: no principal, onde funciona a direção, e no lateral, que antigamente era uma senzala e hoje abriga nove salas de aula e um laboratório de Química.
 

“É um resgate histórico de décadas de sonho da população. O Liceu é um patrimônio histórico nacional. A obra fez a modernização para os alunos e manteve o resgate histórico do prédio”, comemorou o governador Sérgio Cabral.
 

Na avaliação do secretário de Educação, Wilson Risolia, a obra foi concluída dentro do prazo previsto e foi uma superação realizar a obra com estudantes frequentando as aulas.
 

“Este ano, duas escolas que funcionam em prédios tombados passaram por reforma. A obra do Liceu foi mais delicada, na medida em que as intervenções foram feitas com os alunos em sala, mas conseguimos”, disse Risolia.

O vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, enfatizou que nesta segunda-feira mais um patrimônio foi recuperado. Pezão citou ainda o saldo de obras executadas em 2013: mais de 400 obras concluídas e 37 escolas novas de Ensino Médio.
 

“Estamos recuperando a qualidade das escolas públicas para os alunos e valorizando os professores”, afirmou Pezão.
 

Três mil estudantes beneficiados

A estrutura do Liceu é formada por 35 salas de aula, auditório, biblioteca, ginásio, cozinha, refeitório e laboratórios. A escola possui aproximadamente 3 mil alunos. Orgulhosos do resultado, os estudantes elogiaram as obras.

“Hoje estamos sendo recompensados. O Liceu ficou lindo, valeu a pena esperar”, afirmou a estudante Sara Crespo, de 13 anos, do 8º ano.

Já para a aluna Evelin Piraciaba, também de 13 anos e do 8º ano, a obra da quadra poliesportiva e instalação de aparelhos ar-condicionado nas salas de aula foram as maiores conquistas.

“É muito bom ver a escola toda organizadinha. A pintura ficou linda, mas o conforto nas salas de aula é o que eu mais gosto”, disse a adolescente.

0 comentários