Linha 4: novas intervenções em Ipanema começam neste sábado

Ônibus que trafegavam pela Rua Visconde de Pirajá passarão a circular pela Avenida Vieira Souto
 

Para permitir a passagem do Tunnel Boring Machine (TBM), o ‘Tatuzão’, por baixo da Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, será necessário fazer um serviço de tratamento do solo na via. Por isso, a partir deste sábado (22/03), trechos da Rua Visconde de Pirajá entre o Jardim de Alah e a Rua Maria Quitéria serão ocupados temporariamente por canteiros de obras.

 

Duas das três faixas de rolamento da via ficarão livres para o trânsito. Os ônibus que trafegavam pela Rua Visconde de Pirajá passarão a circular pela Avenida Vieira Souto.

 

Para preparar a região para as intervenções, o Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras da Linha 4 do Metrô entre Ipanema e Gávea, já iniciou serviços de readequação viária, como realocação de semáforos, instalação de novas sinalizações, ajustes em calçadas e ciclovias, construção de novos pontos de ônibus e início da colocação de tapumes, entre outros.

 

Durante a execução dos serviços na Rua Visconde de Pirajá, serão criados acessos especiais para as garagens da área impactada, evitando o bloqueio total. O fluxo de pedestres no passeio público será mantido e o estacionamento na Rua Visconde de Pirajá sofrerá alterações conforme o andamento das obras.

 

Intervenções viárias

 

Os canteiros de obras serão instalados em fases, para que duas faixas da Rua Visconde de Pirajá estejam sempre liberadas à circulação de carros.

Fase 1
• Esquina da R. Maria Quitéria com a R. Visconde de Pirajá, lado par;
• R. Visconde de Pirajá, do n° 415 até a esquina com a R. Garcia D’Ávila;
• R. Visconde de Pirajá, da esquina da R. Garcia D’Ávila até o n° 493;
• R. Visconde de Pirajá do n° 608 até a esquina com a Av. Henrique
Dumont;
• R. Visconde de Pirajá, lado par, entre a R. Henrique Dumont e a Av.
Epitácio Pessoa.
Praia de Ipanema
Lagoa Rodrigo de Freitas
Av. Epitácio Pessoa
R. Aníbal de Mendonça R. Garcia D’Ávila
R. Maria Quitéria
R. Visconde de Pirajá

Fase 2
• R. Visconde de Pirajá entre os números 452 e 466;
• R. Visconde de Pirajá, em frente ao n° 525;
• R. Visconde de Pirajá, entre os números 520 e 540;
• Lado ímpar da R. Visconde de Pirajá na esquina com a R. Garcia
D’Ávila;
• R. Visconde de Pirajá, em frente ao n° 577.

Fase 3
• R. Visconde de Pirajá entre os números 495 e 503;
• Lado par da R. Visconde de Pirajá na esquina com a R. Aníbal de
Mendonça;
• Lado par da R. Visconde de Pirajá na esquina com a R. Henrique
Dumont.

* Os canteiros que ficarem na mesma altura, mas um de cada lado da via, serão montados em momentos diferentes para que se preserve sempre o fluxo de veículos na Rua Visconde de Pirajá.

 

Ônibus — BRS

 

Ônibus que trafegavam pela Rua Visconde de Pirajá passarão a circular pela Avenida Vieira Souto.

 

Os pontos de ônibus serão instalados na orla na mesma direção dos existentes na Rua Visconde de Pirajá para que os usuários saibam onde passará a linha que costumam utilizar. Com exceção das linhas 461 (São Cristovão x Ipanema), 503 (Alto Leblon x Ipanema – circular), 525 (General Osório x Alvorada) e Metrô na Superfície, que vão entrar na Rua Vinicius de Moraes, os demais coletivos seguirão pela praia até a Rua Francisco Otaviano, em Copacabana.

 

Operadores de tráfego trabalharão na região para orientar condutores e pedestres. As alterações viárias foram definidas pela CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego do Rio de Janeiro).

 

‘Tatuzão’

 

O ‘Tatuzão’, que constrói os túneis da Linha 4 do Metrô entre as estações General Osório e Gávea, começou a operar em dezembro de 2013. Ao mesmo tempo em que escava, a máquina instala os anéis de concreto (aduelas) que formam os túneis. Esse é um método moderno, seguro e usado em todo o mundo. Com 2.700 toneladas e 120 metros de comprimento por 11,5 metros de diâmetro (o equivalente a um prédio de quatro andares), este é o maior ‘Tatuzão’ da América Latina e o maior equipamento já utilizado em obras metroviárias no Brasil.

 

Central de Atendimento

 

Para tirar dúvidas e obter outras informações sobre a Linha 4 do Metrô, moradores e frequentadores de Ipanema podem procurar as Centrais de Atendimento à Comunidade, na Praça Nossa Senhora da Paz, em frente à Rua
Visconde de Pirajá, e na Avenida Epitácio Pessoa, s/n (esquina com a Rua Visconde de Pirajá). Ambos os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 9h às 16h.

 

Há ainda uma Central de Atendimento Móvel (trailer), que vai percorrer o mesmo trajeto do ‘Tatuzão’, ao longo da Rua Barão da Torre e da Rua Visconde de Pirajá, para facilitar e agilizar o atendimento ao público. O trailer está aberto de segunda a sábado, das 6h40 às 22h.

 

Também é possível entrar em contato pelo 0800-0210620 — a ligação é gratuita.
Na internet, as informações estão disponíveis nos canais digitais, como o Twitter (twitter.com/metrolinha4) e o blog (www.metrolinha4.com.br).

 

Mais de 300 mil pessoas usarão a Linha 4 do Metrô todos os dias

 

A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro (Barra da Tijuca — Ipanema) vai transportar, a partir de 2016, mais de 300 mil pessoas por dia e retirar das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico. Com a nova linha, o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade com uma única tarifa. Serão seis estações (Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão. A Linha 4 do Metrô entrará em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes. Será possível ir da Barra a Ipanema em 15 minutos e, da Barra ao Centro, em 34 minutos.

0 comentários