Petrópolis receberá primeira faculdade de Arquitetura da Uerj

Estado assinou contrato para compra da Casa do Barão do Rio Branco, onde funcionará a instituição
 

Escola-de-Arquitetura-UERJ-PetropolisA interiorização do Ensino Superior, uma das bandeiras do Governo do Estado, avança na Região Serrana. Nesta segunda-feira (24/3), foram firmados os contratos de compra da Casa do Barão, em Petrópolis, onde será instalada a primeira faculdade de Arquitetura da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Na ocasião, que contou com a presença do governador Sérgio Cabral, foi realizada a compra do prédio onde funcionava o Instituto Politécnico de Nova Friburgo.

 

O casarão histórico de Petrópolis foi adquirido por R$ 2,2 milhões e será reformado e adaptado para as primeiras turmas. A expectativa é de que o curso tenha início em 2015. Já em Nova Friburgo, foram gastos R$ 12 milhões para a aquisição de 15,5 mil metros quadrados de área construída junto às instalações da tradicional Fábrica Filó na Vila Amélia. O Instituto Politécnico ocupava o espaço desde 2012, após as enchentes que interditaram o acesso ao antigo campus na Fundação Getúlio Vargas. A nova sede do instituto vai ocupar ainda a área que hoje abriga dois prédios e o estacionamento na entrada.

 

“A Região Serrana recebe dois prêmios absolutamente justos. Nova Friburgo viveu uma precariedade gigantesca após uma tragédia e hoje comemora a sede definitiva para os três cursos politécnicos de alta qualidade. Sem dúvidas vamos poder ampliar os cursos, já que teremos agora base física para isso”, disse o governador.

 

Sobre Petrópolis, o governador elogiou o fato de ver a Uerj evoluir, mas fez questão de anunciar que, ainda que a cidade ganhe uma universidade pública, a Faperj (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) continuará custeando as 500 vagas da Universidade Católica de Petrópolis.

 

Para o vice-governador e coordenador de Infraestrutura, Luiz Fernando Pezão, o investimento em ensino virou uma prioridade para a recuperação da Região Serrana, pós tragédias das chuvas em 2011. Pezão aproveitou a ocasião para dar uma outra boa notícia, apresentando o novo projeto do Centro de Convenções de Nova Friburgo.

 

“O projeto foi selecionado no concurso do IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil) e já está com o dinheiro na conta para a execução. Este será mais um projeto que vai ajudar a cidade a recuperar sua economia. Centros de Convenções são a garantia de ocupação na rede hoteleira o ano todo – comemorou o vice-governador.

 

Já para o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca, a instalação de um campus da Uerj em Petrópolis representará muitas oportunidades para a Cidade Imperial e municípios serranos.

 

“Cursos técnicos de áreas afins ao de Arquitetura, como o de restauro, poderão ser desenvolvidos, afinal estamos em uma cidade histórica. A faculdade representa um salto para o futuro”, afirmou Gustavo Tutuca.

 

O reitor da Uerj, Ricardo Vieiralves, anunciou ainda uma parceria da universidade com instituições italianas. O projeto de parceria ainda está sendo finalizado.

 

“Vamos lançar um curso para arquitetura absolutamente moderno e avançado. A ideia é que o estudante conclua o curso com a dupla diplomação. O universitário vai sair com direito a exercer uma atividade na Europa. Este é o objetivo de uma universidade, abrir novos caminhos e permitir possibilidades”, explicou o reitor.

 

Governo do Rio

0 comentários