Novo trem revitalizado reforça sistema metroviário

Composição passou por processo de desoxidação e pintura
 

 2730250 (600x401)

 

O 11° trem revitalizado começou a circular nesta segunda-feira (15/2) no sistema metroviário. A composição passou por processo de desoxidação e pintura. Os bancos também receberam tons em azul e prata, assim como o modelo dos trens novos. Além de revisão no sistema elétrico, de portas e propulsão, são realizadas manutenções preventivas e corretivas. O sistema de ar-condicionado recebe atenção especial, com modificação de componentes e troca de condensadores. O ciclo da manutenção durou aproximadamente 30 dias.

 

 

Com a entrada em operação, nas Linhas 1 e 2, das 15 novas composições da Linha 4 (Barra da Tijuca-Ipanema), o MetrôRio está retirando do sistema, gradativamente, os trens mais antigos da frota para o processo de revitalização na oficina, com o objetivo de melhorar a performance dos trens e aumentar o conforto dos passageiros. Após esse processo, o trem retorna à grade operacional.
 

 

 

Até o início do segundo semestre, todas as 30 composições terão passado pelo Centro de Manutenção da concessionária MetrôRio.
 

 

 

Sistema metroviário
Além dos 30 trens antigos, o sistema metroviário do Rio conta com 19 unidades chinesas, adquiridas em 2009, que operam na Linha 2. Outras 15 novas composições foram compradas para circular na Linha 4 do Metrô. Ao todo, a MetrôRio conta com frota de 64 composições.

 

 

 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.