Nutricionista e Atleta Fitness dá dicas de como secar para o carnaval

Aprenda a entrar em forma na contagem regressiva para a folia
 
Foto de Salomon Urraca

Foto de Salomon Urraca

 
A nutricionista e atleta fitness Ivie Rhein, preparou uma lista com 7 dicas para quem quer dar aquela secada para a folia.  Ela é um belo exemplo, pois decidiu se tornar atleta aos 36 anos e já conquistou três títulos como fisiculturista. Em 2016, a atleta, agora com 38 anos, venceu o Orlando Europa, uma das competições  mais importantes dos Estados Unidos, o Dayna Cadeau Classic e o All South.
 
ANP_8455-Edit
DICAS
 
1. Comer de 5 a 6 refeições menores por dia (não muito calóricas) ajuda a acelerar o metabolismo. Enquanto 3 grandes refeições tem exatamente o efeito contrário. 
 
2. Corte completamente do seu cardápio frituras, doces, refrigerantes, molhos gordurosos, farinha branca e bebidas alcoólicas. Eu sei que é difícil, mas são só alguns dias e tenho certeza que vai valer a pena. 
 
3. Beba muita água, pelo menos 2L. Coloque um lembrete no seu celular para te lembrar de beber água a cada hora. 
 
4. Priorize alimentos ricos em fibras, que dão sensação de saciedade, auxiliam no trânsito intestinal e ainda participam do metabolismo de gorduras. 
 
5. Não esqueça das proteínas: ovos, frango, peixes, frutos do mar e carne vermelha magra. Elas também dão a sensação de saciedade. 
 
6. Coma em casa. Além de ser mais barato, você ainda sabe exatamente quais ingredientes foram utilizados. Não tenha vergonha de levar sua marmita para o trabalho, escola, academia….
 
7. Beba um copo de água com limão e canela pela manhã, em jejum. Ajuda a equilibrar os níveis de ph do corpo, ajuda na digestão pois estimula o fígado a produzir a bile, estimula o sistema imunológico e acelera o metabolismo. 
 
Sobre a Ivie: A brasileira Ivie Rhein é sinônimo de força de vontade. Autocontrole, disciplina e 7 litros de água por dia foram alguns dos segredos da nutricionista que decidiu se tornar atleta aos 36 anos e conquistou três títulos em apenas um ano como fisiculturista. Em 2016, a atleta, agora com 38 anos, venceu o Orlando Europa, uma das competições  mais importantes dos Estados Unidos, o Dayna Cadeau Classic e o All South.
 
Mãe de uma menina de 11 anos  e um menino e 9, ela nunca foi magrinha. Sua história com a musculação começou no fim da adolescência, aos 18 anos, após passar por uma depressão quanto tinha 16, o que a fez engordar. Durante cada uma das gestações, ganhou 25 quilos. “Sempre tive corpão: pernas grossas e bunda grande. Luta eterna com a balança”, diz a atleta. 
 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.