Obesidade é risco para doenças periodontais

Obesidade é risco para doenças periodontais
 
Você se assustaria se fosse ao cirurgião-dentista e recebesse a notícia de que, para tratar uma doença na boca, teria de emagrecer? Ao participar do Congresso Internacional de Odontologia do Centenário, no Expo Center Norte, o professor Benedicto Egbert Correa Toledo, do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (UNIFEB), mostrou como a obesidade é um fator de risco para as doenças periodontais – aquelas que provocam o amolecimento e a  perda dos dentes. 
 
Hoje, tanto as doenças periodontais como a obesidade são consideradas problemas de saúde pública no mundo. No Brasil, dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelam que 49% da população acima de 20 anos está com excesso de peso. Em outubro passado, a pesquisa “Antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil” revelou  ainda que outros 14,8% de brasileiros são obesos.
O estudo do IBGE avalia o estado nutricional da população a partir da altura, peso e o Índice de Massa Corpórea (IMC) para cada idade – o índice é obtido com a divisão do peso em quilograma pela altura em m². São consideradas com sobrepeso pessoas com IMC igual ou superior a 25 kg/m2 e menor que 30 kg/m2. Os obesos têm IMC igual ou superior a 30 kg/m2.

Fonte: Assessoria

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.