Paes diz que longas filas estão sendo resolvidas e comemora êxito na mobilidade

No fim de semana, foram registradas filas no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca, e na arena do vôlei de praia, em Copacabana
 

Na segunda, dia 8, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse que ajustes têm sido feitos para sanar problemas logísticos nas arenas dos Jogos Olímpicos, como as longas filas e a falta de comida e bebida em alguns locais de competição. “São ajustes permanentes, nos reunimos o tempo todo, e essas correções vão sendo feitas. Os problemas sempre surgem, o importante é ter a capacidade de reagir e solucionar esses problemas.” 

 

 

Em entrevista, o prefeito Eduardo Paes pede que a população evite os deslocamentos pela cidade amanhã e no fim de semana

Paes falou com jornalistas após evento no Museu do Amanhã, na Zona Portuária da cidade, com o grupo C40 de liderança climática de prefeitos. As filas ocorriam principalmente antes dos procedimentos de segurança, que incluem revista e inspeção de bolsas e mochilas no equipamento de raio X. O problema foi verificado principalmente na parte da manhã. À tarde, os acessos ao Parque Olímpico fluíam com mais rapidez.

 

 

Transporte

Paes ressaltou, no entanto, que o maior desafio da cidade, que era a mobilidade dos espectadores e atletas durante os jogos tem sido alcançado com êxito. “A conexão entre metrô e o BRT está funcionado super bem, as pessoas se deslocando para Deodoro super bem. O teste só passamos depois que acabar, temos uma Olimpíada inteira pela frente, então vamos trabalhar firme sem descansar para entregar grandes jogos”, disse o prefeito, que agradeceu a “enorme colaboração” da população carioca por respeitar a faixa olímpica, evitar deslocamentos com carro e receber os turistas com hospitalidade.

 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.