PMERJ testa durante a Rio2016 tecnologia produzida pela EGSYS

São 160 smartphones e 130 tablets com softwares pré-configurados com objetivo de otimizar as atividades policiais a serem realizadas durante o evento
 

blog01A EGSYS é uma empresa que desenvolve soluções tecnológicas para a área de segurança pública, mais especificamente para as operações de registro, despacho e atendimento de ocorrências. Objetivando otimizar a produtividade dos policiais envolvidos neste fluxo, a EGSYS selou uma parceria com a PMERJ e vai fornecer dispositivos móveis para as equipes que farão o policiamento durante os jogos Olímpicos e Paralímpicos. Neste modelo, os policiais poderão desenvolver seu trabalho de forma bem mais ágil e menos propenso a erros.

 

 

Como isso funciona? Composta por um tablet ou por um smartphone, com um aplicativo específico embarcado, e uma impressora térmica portátil, esta solução pode ser disponibilizada para as guarnições motorizadas ou mesmo a cavalo, bicicleta, ou até mesmo para o policiamento a pé. Neste kit de tecnologia móvel, roda uma aplicação móbile desenvolvida pela empresa, que viabiliza a execução das atividades em campo com um ganho de produtividade de até 100%. Resultado comprovado em outras instituições. Como pela PMSC.

 

 

O registro de uma ocorrência exige do policial militar um esforço considerável para sua execução, pois demanda muitas informações. Com a solução mobile, as informações antes contidas em mais de 11 formulários de papel, passam a ser sistematizadas em um único aplicativo informatizado, com recursos de auto-complete, consultas a base de dados de pessoas e veículos, reconhecimento de voz e outros recursos que geram muito mais agilidade na execução do trabalho.

 

 

Esta tecnologia está sendo utilizada nos Jogos Olímpicos e também será usada nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. 

 

 

 

 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.