Polícia flagra furto de água

Na Zona Portuária do Rio
 

Depois de duas semanas de investigação, policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) encontraram uma ligação clandestina, no Caju, que furtava cerca de dois milhões de litros de água por semana do sistema de abastecimento da Nova Cedae.
 

O produto furtado era vendido por uma empresa de serviços marítimos a embarcações que ficavam na Baía de Guanabara. Para o transporte da água eram utilizadas balsas com capacidade de até 500 mi litros de água cada. Foi preso em flagrante pelos policiais da DDSD Alexandre Souza Leite, que era gerente de uma empresa de serviços marítimos.

Fonte: Ligação clandestina

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.