Polícia jovens suspeitos de incitação ao nazismo

Polícia jovens suspeitos de incitação ao nazismo
 
Policiais civis da 12ª DP (Copacabana) desencadearam, na manhã desta quarta-feira, uma operação para identificar e indiciar jovens suspeitos de incitação ao Nazismo. Foram cumpridos mandados de busca em três endereços, apreendendo computadores e revistas alusivas ao nazismo.
 
A operação foi desencadeada após uma festa dos estudantes de psicologia da UFRJ, no último dia 13 de dezembro último, no interior do Clube Israelita Brasileiro, na Avenida Barata Ribeiro, em Copacabana, que se transformou em caso de polícia. Na ocasião, um jovem ficou exibindo de forma debochada uma tatuagem nazista que havia feito na coxa esquerda, em pleno clube judeu, em afronta claramente antissemita.
 
Três estudantes que estavam na festa são suspeitos, sendo o jovem com a tatuagem identificado como Luiz Vinicius Cosenza, 23 anos, estudante de publicidade.
Durante a operação foram cumpridos mandados de busca em três endereços, no Grajaú, na Tijuca e em Copacabana, locais onde foram apreendidos computadores e revistas alusivas ao nazismo.
Os suspeitos estão nesse momento na sede da 12ª DP para prestar depoimento. Os autores desse tipo de crime estão sujeitos a pena que varia de dois a cinco anos de reclusão.
 
Segundo o delegado titular da distrital, delegado Antenor Martins, a polícia vai continuar reprimindo, sempre com todo rigor da lei, qualquer movimento ou atitude neonazistas.

Fonte: Governo do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.