Policiais na Jornada de Direitos Humanos

Jornadas Formativas
 

Cerca de 720 profissionais de segurança pública participarão no mês de setembro das Jornadas Formativas de Direitos Humanos previstas para 2010. O evento acontece a partir desta quarta-feira (8) em Aracaju e percorre durante todo o mês nas cidades de Campo Grande, Cuiabá e Fortaleza. A iniciativa é da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça. O objetivo é aperfeiçoar a formação cultural dos profissionais segundo princípios como proteção à vida, responsabilidade e comportamento ético e integração à comunidade.

Para o secretário Nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, os policiais devem ter como foco a preservação da vida e a proteção dos direitos dos cidadãos.  “Essas jornadas são importantes para mostrar que suas funções vão além da resposta às ocorrências. Eles exercem um papel de protagonismo na sociedade como educadores e devem dar exemplo na sua conduta”.

As jornadas acontecem nas cidades de Aracaju (8 a 11/9), Campo Grande (13 a 17/9), Cuiabá (20 a 24/9) e Fortaleza (27 a 01/10). Já foram capacitados 965 multiplicadores; profissionais que trabalham diretamente em atividades operacionais, e que aproveitam a oportunidade para se atualizarem com relação aos assuntos Direitos Humanos e Cidadania.

O conteúdo programático do curso envolve as seguintes temáticas: visão Sistemática da Produção da violência, fatores de humanização, uma viagem pela memória histórica da Segurança Pública brasileira e construindo novos valores para os Direitos Humanos para Segurança Pública.

Criada há quatro anos, a Jornada já capacitou mais de 4.300 agentes de segurança – entre policiais militares e civis, guardas municipais e corpo de bombeiros – em 11 estados e no Distrito Federal.

 

Fonte: ACS/ MJ

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.