Rio de Janeiro, 12 de Dezembro de 2018 | 01:12h

Prefeito do Rio anuncia pacote de investimentos na área de saúde

Crivella confirma que liberou novos recursos, e todos os repasses a OSs estão em dia
 

 

Fotos: Edivaldo Reis / Prefeitura do Rio
 
 
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, apresentou nesta quarta-feira, 21 de novembro, um pacote de ações positivas na área da Saúde. No Palácio da Cidade, ele deu boas-vindas aos 146 médicos aprovados em concurso no ano passado e que foram convocados para reforçar o atendimento clínico e de emergência na rede municipal. Desde o início da atual gestão já foram contratados e convocados 1.441 médicos, e outros 29 terão seus nomes publicados no Diário Oficial nos próximos dias, o que dará o total de 1.470, número 60% maior que o de profissionais contratados nos dois últimos anos do governo anterior. Nesta quarta, Crivella anunciou ainda o repasse de verbas para Organizações Sociais, o que vai permitir que os salários dos profissionais dessas OS que trabalham na rede pública sejam colocados em dia. Antes, em outra solenidade, o prefeito entregou o novo Laboratório de Zoonoses do Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, na Mangueira. O laboratório, que não recebia obras desde 1998, foi totalmente reformado e conta agora com equipamentos de ponta e instalações modernas. 
 
 
– Não há ação mais relevante do que trazer médicos para a rede. É importante quando um prefeito inaugura uma arena olímpica, mas é muito mais importante trazer para a rede um cirurgião geral, um anestesista, um urologista. O compromisso sagrado, básico e fundamental do município é prestar serviço em saúde e educação. O Rio de Janeiro tem hoje muito a comemorar. Mesmo em meio às dificuldades financeiras, estamos convocando mais 146 médicos de diversas especialidades, que vão atuar nos nossos hospitais – destacou Crivella.
 
 
Após a solenidade no Palácio, Crivella informou que foi liberado o pagamento para as OS que administram as Clínicas da Família, hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Coordenação de Emergência Regional (CER). Com isso, os salários dos profissionais de saúde ligados a elas serão colocados em dia.
 
 
– Todas as OS tiveram pagamento do mês de setembro liberado no dia 12. E hoje, 21, o pagamento de outubro saiu. Portanto, quero dar essa boa notícia: nas OS não existe mais salário atrasado. Pode ser que algumas, como receberam hoje, paguem aos funcionários somente amanhã. Mas amanhã todos os salários estarão em dia, não haverá salário atrasado – afirmou o prefeito.
 
 
MÉDICOS DE MAIS DE 20 ESPECIALIDADES
 
 
Os 146 médicos convocados para a rede municipal cumprirão a carga horária de 24 horas semanais e vão atuar em diversas unidades: metade do grupo ficará nos quatro grandes hospitais de emergência (Souza Aguiar, Salgado Filho, Miguel Couto e Lourenço Jorge). Os demais trabalharão em hospitais gerais e especializados, hospitais pediátricos e maternidades, além dos centros de atenção psicossocial.  Alguns profissionais já estão trabalhando e outros assumem seus postos de trabalho em, no máximo, 30 dias.
 
  
A cirurgiã geral Maíra Leal, 29 anos, representou os colegas na cerimônia de boas-vindas aos novos médicos, e coube a ela o discurso em nome da categoria. Aprovada no primeiro concurso público que prestou, ela vai trabalhar no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.
 
 
– Agradeço ao prefeito essa valorização do vínculo estatutário – disse, em relação ao fato de serem contratados médicos mediante concurso. – É fundamental a valorização do vínculo do médico com o hospital onde ele trabalha – completou Maíra, que disse ver na missão na rede pública a oportunidade de dar sua contribuição na missão de promover o bem-estar e a saúde da população carioca.
 
 
LABORATÓRIO MODERNO E REFORMADO 
 
 
 
 
No início da manhã desta quarta, Crivella reinaugurou o Laboratório de Zoonoses do Instituto Jorge Vaitsman. Com a reforma, a unidade passa a oferecer melhores condições de trabalho aos profissionais de saúde, dá mais conforto para o usuário e amplia o atendimento, de forma a aprimorar no município as ações da Saúde Única, conceito que integra cuidados com bem-estar humano, animal e ambiental.
 
 
– Quando a gente fala de saúde, a gente fala também da saúde dos animais, do meio ambiente. Esse laboratório passa a fazer 40 mil exames por mês, isso em um momento de crise. O estado e a cidade do Rio vivem momentos dificílimos para encontrar recursos e continuar prestando serviços à população. Quero parabenizar esse corpo de funcionários extraordinário que, em meio à crise, mostrou realmente que é possível superá-la com trabalho, dedicação, criatividade e amor – disse o prefeito.
 
 
Foram adquiridos 75 equipamentos específicos para diversos exames realizados pelo laboratório, referência no município e no estado do Rio. A unidade oferece gratuitamente à população exames de zoonoses.  Outros exames laboratoriais que os animais precisam podem ser realizados a custo bem menor.  O Jorge Vaitsman realiza ainda o diagnóstico laboratorial – em animais domésticos e silvestres -, atua no controle de epidemias, investe em pesquisa de zoonoses emergentes e oferece treinamento aos profissionais. O laboratório também promove a prevenção, a redução e a eliminação da morbidade e mortalidade decorrentes de importantes zoonoses, como a esporotricose, toxoplasmose, febre amarela, raiva, leptospirose e leishmaniose.
 
 
Em 2017 foram realizados 32.601 exames. Este ano, até o momento, o laboratório já fez 39.528 exames, o que representa um aumento de 21%. Com os novos equipamentos, essa diferença será ainda maior até o fim do ano. O Jorge Vaitsman oferece gratuitamente à população exames de zoonoses. Além disso, outros exames laboratoriais que os animais precisam podem ser realizados a custo bem menor.
 
 
 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.