Prefeitura abre 100 vagas para curso de programação de computador

O diferencial do Forsoft-Rio é a integração com o mercado de TI, através das empresas madrinhas, que se comprometem a contratar, no mínimo, 30% dos seus afilhados ao término do curso
 

5924014

 

A Secretaria Especial de Ciência e Tecnologia (SECT) abriu as inscrições para a sétima edição do Forsoft-Rio, projeto que visa formar jovens de 18 a 24 anos como Programadores de Sistema com Inglês Técnico. Podem participar do projeto jovens moradores de área de vulnerabilidade social, de ambos os sexos e que estejam cursando ou tenham concluí­do o terceiro ano do ensino médio. São 100 vagas e as inscrições devem ser feitas pela internet. A previsão é de que as aulas comecem em março. 

 

 

O projeto é uma ação da SECT, em parceria com a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-RJ). Nesta edição, incentiva-se uma maior participação de jovens do sexo feminino, uma homenagem ao “Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência”, criado pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) e comemorado pela primeira vez no último dia 11 de fevereiro.

 

 

Em seu último relatório sobre o assunto, a agência mostrou que as mulheres representam apenas 28% dos pesquisadores no mundo e a diferença aumenta ainda mais nos escalões mais altos. Uma pesquisa feita em 14 países, mostrou que a probabilidade de estudantes do sexo feminino obter um diploma de bacharel, mestrado ou doutorado em ciências ou em áreas correlacionadas é menos da metade do que se comparado aos homens. Segundo a instituição, ciência e igualdade de gêneros são vitais para alcançar a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

 

 

O diferencial do Forsoft-Rio é a integração com o mercado de TI, através das empresas madrinhas, que se comprometem a contratar, no mínimo, 30% dos seus afilhados ao término do curso. A média das últimas turmas ultrapassa 60%. É oferecido curso de capacitação presencial que ocorre no Centro do Rio de Janeiro. É totalmente gratuito e os alunos recebem auxí­lio transporte para locomoção da residência até o local das aulas.

 

 

São oferecidos cursos de Introdução à Programação e à Infraestrutura de Redes, seguindo a metodologia Cisco. O Forsoft-Rio trabalha em cima da demanda das empresas madrinhas, gerando mão de obra qualificada para um mercado em expansão, carente de profissionais. A contratação é imediata. Durante seis meses, os alunos têm quatro horas diárias de aulas nos cinco dias úteis da semana e fazem visitas guiadas às empresas do ramo.

 

 

Para se ter uma ideia da empregabilidade do curso, a turma 2 formou 76 estudantes, dos quais 52 já saíram empregados da cerimônia de diplomação. A Turma 3 formou 79 novos programadores. Desses, 38 já empregados. Da Turma 4, dos 90 alunos, 49 receberam o certificado e o primeiro emprego no ato da formatura.

 

 

Mais informações podem ser obtidas pelo email forsoft@assespro-rj.org.br ou pelo telefone 2507-7181.

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.