Prefeitura do Rio inaugura duas Escolas do Amanhã com nomes de medalhistas olímpicos

A homenagem tem o objetivo de reconhecer o esforço e a superação dos atletas brasileiros e incentivar as novas gerações a prática esportiva
 

Fotos: Ricardo Cassiano

 

 

Na manhã de quinta-feira, dia 25 de agosto,  duas novas Escolas do Amanhã, na Zona Oeste, em homenagem a atletas brasileiros medalhistas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. O canoísta Isaquias Queiroz, primeiro atleta brasileiro a conquistar três medalhas em uma única edição dos Jogos Olímpicos – prata nas modalidades Canoa Individual (C1) 1.000m e Canoa de Dupla (C2) 1.000m, com Erlon de Sousa Silva, além de bronze na Canoa Individual (C1) 200m -, teve seu nome imortalizado em um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI), em Campo Grande. Já em Guaratiba, a jogadora de vôlei Bárbara Seixas de Freitas, medalhista de prata nos Jogos Rio 2016 ao lado de Ágatha Bednarczuk, deu o nome a uma Escola Municipal Ginásio. A iniciativa tem por objetivo  reconhecer o esforço e superação dos atletas brasileiros e incentivar as novas gerações, decreto publicado no Diário Oficial do Município do último dia 3, determina que todas as novas unidades educacionais e Clínicas da Família entregues para a população carioca em 2016 tenham o nome de atletas brasileiros medalhistas olímpicos e paralímpicos nos Jogos Rio 2016.

 

 

 

Construídos pela Fábrica de Escolas do Amanhã Governador Leonel Brizola, o EDI Medalhista Olímpico Isaquias Queiroz vai atender 300 alunos e a Escola Municipal Ginásio Medalhista Olímpica Bárbara Seixas, 420 estudantes. Nas duas novas unidades de educação, os alunos estudarão em tempo integral, em turno de sete horas.

 

– Ter mais tempo de aulas de Ciências, Português e Matemática contribui para a construção de uma sociedade melhor – disse o prefeito Eduardo Paes.

 

O projeto tem como base preceitos construtivos de modularidade, racionalidade, pré-fabricação, segurança, sustentabilidade, economia e eficiência energética, com emprego de materiais sustentáveis. Todos os ambientes dessas novas escolas recebem tratamento acústico para garantir o conforto dos alunos e do corpo docente.

 

– Os alunos terão livros adequados para cada etapa de desenvolvimento e professores dedicados a cada faixa etária. Eles passarão mais tempo nas escolas, terão mais tempo de aulas e o resultado só pode ser bom. Em todas as nossas avaliações, os alunos que ficam mais tempo nas escolas têm notas melhores – explicou a secretária municipal de Educação, Helena Bomeny.

 

Localizado na Estrada Cabuçu de Baixo, 890, em Campo Grande, o EDI Isaquias Queiroz vai atender alunos da creche à pré-escola, de seis meses a cinco anos e 11 meses de idade. A unidade conta com salas de atividades, berçários, fraldário, lactário, brinquedoteca, além de áreas administrativas e parquinho.

 

O casal Rafaela Reis, 24 anos, e Iago Gomes, de 23 anos, mora na mesma rua do novo EDI e comemora a implantação de uma escola para a filha Vitória, de 2 anos, estudar:

 

– É a primeira vez da minha filha em uma escola, mas estamos bastante confiantes. Sabemos que ela será bem cuidada e terá atividades que ajudarão no seu desenvolvimento. Agora vou ter mais tempo para cuidar das tarefas de casa e também procurar um emprego – disse a mãe de Vitória.

 

 

 

A Escola Municipal Ginásio Medalhista Olímpica Bárbara Seixas, que fica na Rua Hilda Compofiorito, 340, em Guaratiba, é voltada aos estudantes do 7º ao 9º Ano, com idade entre 12 a 14 anos. A unidade tem Sala de Leitura (biblioteca mais computadores), Sala de Encontros (local de apresentações), Laboratório de Ciências, quadra coberta, 12 salas de aula e acessibilidade, com informações em braile nos corrimãos das rampas, nas portas das salas e dos banheiros, piso tátil e elevador.

 

 

 

Os irmãos Yasmim e Roberto Gonçalves, de 12 e 14 anos, começam a partir da próxima semana a estudar na Escola Municipal Ginásio Bárbara Seixas e não escondem a expectativa de passarem o dia todo no colégio:  – Ter a oportunidade de ficar o dia todo na escola só vai contribuir para o meu crescimento já que vou adquirir mais conhecimento – disse Yasmim, que teve o apoio da mãe Suzy Gonçalves, de 45 anos:

 

 

– Quanto mais estudo melhor para os jovens. O horário integral é uma excelente forma de reforço da informação. Sem contar que a partir de agora vou trabalhar bem mais tranquila, sabendo que meus filhos estão em um local seguro e de qualidade.

 

 

 

Os armazéns do programa Fábrica de Escolas do Amanhã Governador Leonel Brizola estão instalados em bairros das zonas Norte e Oeste da cidade: Ilha do Governador, Vargem Grande, Bangu e Sepetiba. A localização facilita a logística de transporte e estocagem de material para as construções das escolas nos bairros de Campo Grande, Cosmos, Santíssimo, Inhoaíba, Sepetiba, Maré, Madureira, Manguinhos, Maria da Graça, Pavuna, Realengo, Santa Cruz, Jacarepaguá e Nova Sepetiba.

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.