Prefeitura do Rio presta assistência às famílias da explosão da Fazenda Botafogo

Eduardo Paes anunciou que a prefeitura fará obras emergenciais no edifício, pagará uma ajuda de custo de R$ 1 mil, e pagará hospedagem em hotel para os que não tiverem acolhimento de familiares
 
 

A Prefeitura do Rio está prestando todo o apoio necessário às famílias das vítimas da explosão, que aconteceu na madrugada desta terça-feira (05/04), no prédio número 38 do Conjunto Habitacional Fazenda Botafogo, em Coelho Neto, Zona Norte do Rio.   Após reunião com os moradores, o prefeito Eduardo Paes anunciou que a prefeitura fará obras emergenciais no edifício e pagará uma ajuda de custo de R$ 1 mil a cada família atingida. Enquanto durarem as intervenções, o município vai arcar com a hospedagem em hotel para os que não tiverem acolhimento de familiares. 

 

 

– A Riourbe vai assumir imediatamente a recuperação do prédio e vamos dar uma ajuda de custo enquanto a obra não ficar pronta. Certamente, vamos cobrar dos responsáveis os gastos – afirmou o prefeito, que esteve no local.

 

 

 

As intervenções serão realizadas pela Empresa Municipal de Urbanização. Técnicos da Riourbe estão no local para avaliar os danos causados e elaborarem projeto para realização das obras necessárias, que começarão de forma imediata. A explosão, nesta madrugada, teria sido causada por um vazamento de gás na edificação. Após a conclusão dos serviços, a Prefeitura do Rio vai acionar os responsáveis para ressarcimento do valor gasto com as obras e com o apoio às vítimas. 

 

 

 

O prédio foi​ interditado ​após vistoria dos técnicos da Defesa Civil​ e não ​há risco de desabamento. Equipes de assistentes sociais da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS) também estão no local fazendo atendimento aos moradores dos 40 apartamentos do edifício. Durante o dia, a Defesa Civil está liberando o acesso dos condôminos aos seus imóveis para retirarem pertences pessoais.  O laudo técnico da Defesa Civil será encaminhado para os órgãos competentes. De acordo com o Corpo de Bombeiros, nove moradores ficaram feridos e outros cinco morreram na explosão. A Secretaria Municipal de Saúde atendeu dois destes feridos no Hospital Municipal Albert Schweitzer. O quadro de saúde de ambos é estável e as vítimas continuam em observação.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.