Presa médica que usava identidade falsa em UPA

Falsidade ideológica
 

Policiais da 37ª DP (Ilha do Governador) prenderam, nesta quinta-feira (30/7), a médica Yajaira Yokasta Areas Valdez, 37 anos, acusada de usar a identidade de outra médica, para trabalhar irregularmente na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manguinhos. Yajaira, que é natural da República Dominicana, será apresentada na 37 ª DP, que fica na Estrada do Galeão, 1365, Ilha do Governador.

De acordo com a delegada titular da unidade, Leila Goulart, a vítima descobriu que estava sendo lesada, depois que uma amiga informou que tinha visto seu nome na relação de funcionários da UPA de Manguinhos.

Ainda segundo a delegada, a vítima informou que conhecia a criminosa e que já discutiu com ela, anteriormente, depois de um curso que fizeram juntas. Yajaira abriu ainda diversas contas em bancos com o nome da vítima, fazendo com que as agências telefonassem para ela, cobrando dívidas.

A criminosa foi autuada em flagrante pelos crimes de falsidade ideológica e exercício ilegal da medicina.

 

Fonte: Polícia Civil

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.