Preservação de espécies ameaçadas de extinção

Preservação de espécies ameaçadas de extinção
 
O secretário do Ambiente, Carlos Minc, lançou na sexta-feira (23/9) a campanha Defenda as Espécies Ameaçadas – Abrace essas Dez!, destinada à conservação de dez espécies da fauna apontadas pela Secretaria de Estado do Ambiente como as mais ameaçadas de extinção no Rio de Janeiro: jacutinga, formigueiro-do-litoral, boto-cinza, cágado-do-paraíba, lagarto-branco-da-praia, mico-leão-dourado, muriqui, preguiça-de-coleira, surubim-do-paraíba e tatu-canastra.
 
De forma emblemática, a campanha – que inclui folder, cartaz e veiculação de spots em diferentes mídias – será lançada ao lado dos viveiros de pássaros do Zoológico da Cidade do Rio de Janeiro, em especial onde se encontra uma das dez espécies ameaçadas de extinção – a jacutinga.
 
Participarão do lançamento 30 alunos de escola pública, pesquisadores da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) e do Museu Nacional da UFRJ e especialistas de ONGs que estudam as espécies ameaçadas.
Além de anúncio em emissoras de rádio e televisão, folders e cartazes serão distribuídos em escolas, universidades, prefeituras, delegacias, unidades do Corpo de Bombeiros e outros órgãos e entidades que possam mobilizar esforços pela preservação. A Secretaria de Estado de Educação é parceira fundamental da Secretaria do Ambiente nesta campanha.
 
Faz parte da campanha o reforço de ações que vêm sendo implementadas pela Secretaria do Ambiente e pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente) para a criação de áreas protegidas, como o recente Parque Estadual da Costa do Sol, na Região dos Lagos, que contribui para a conservação do hábitat de duas das dez espécies ameaçadas: o formigueiro-do-litoral e o lagarto-branco-da-praia.

Fonte: Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.