Projeto “Luta pela Cidadania” beneficiará 6.400 pessoas de comunidades carentes

Esses beneficiários terão aprendizado de lutas e artes marciais como capoeira, jiu-jítsu, boxe, muay thai, caratê, taekwondo e judô, entre outras atividades, sem discriminação de cor, raça, sexo, gênero ou religião
 
A partir de março, o projeto Luta pela Cidadania, financiado pelo Ministério do Esporte e executado em 32 núcleos da Subsecretaria de Esportes e Lazer, vai beneficiar 6.400 pessoas de comunidades carentes, ao longo de dois anos. Com dois professores e dois monitores em cada núcleo, contratados pela Prefeitura, serão atendidas prioritariamente crianças a partir de 6 anos, adolescentes, jovens e adultos que vivem em áreas de vulnerabilidade social.
 
 
Além da parte esportiva, o projeto de parceria entre os governos federal e municipal do Rio “permitirá a compreensão da realidade em que estão envolvidos os 6.400 beneficiários, contribuindo assim com a formação humana, cidadã e a melhoria de sua qualidade de vida”.

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.