Publicidade para os jornais de bairro

Plantão Barra - Gabinete da Presidência da República libera 200 mil para propaganda
 

Em reunião no Hotel Novo Mundo, no Flamengo, na tarde de sexta-feira 16/4, o deputado federal Otávio Leite anunciou a conquista de uma verba de R$ 200 mil para publicidade obrigatória do Governo Federal a ser distribuída entre os veículos de comunicação alternativos do Estado do Rio. O deputado explica que “a União tem a obrigatoriedade de gastar um determinado valor em campanhas públicas educativas, então é justo que essa publicidade seja dividida também entre os pequenos anunciantes”.

Para que o veículo possa fazer do grupo fornecedor de serviços e receber a verba, é necessário um cadastramento por e-mail junto ao Setor de Comunicação Social do Gabinete da Presidência da República e aguardar um contato. Ainda não se sabe quais serão os critérios para seleção dos veículos nem a forma de distribuição da verba. Participaram da reunião diretores e editores de jornais como AIB News/Plantão Barra, Folha da Zona Oeste, Grande Tijuca, Tipo Carioca, Bate Papo, Cidade da Barra, Condomínios em foco e Caminho das Vargens, entre outros.

Na ocasião, foi criada uma comissão com representantes de jornais e associações de comunicação alternativa para, junto com o Otávio Leite, acompanhar o processo de liberação da verba. Fazem parte do grupo, Manoel Lopes (presidente da Associação de Imprensa da Barra, AIB), Fábio Carvalho (diretor “Grande Tijuca”), Carlos Arruda (diretor do "The Rio"), Delfim Aguiar (editor do “Caminho das Vargens”), Kátia Lancelloti (editora do “Tipo Carioca”) e Paulo Cesar Caldeira (presidente da Associação dos Jornais do Interior, ADJORI-RJ). A primeira audiência em Brasília será realizada no início de maio.

“É preciso dar um salto de qualidade nesses jornais alternativos. Nossa luta visa a democratização do processo de comunicação social no país”, frisa o deputado federal. Ele acrescenta ainda que “quanto mais jornais alternativos circularem com editoriais autônomos, mais a população terá acesso a distintas abordagens de um tema e isso se chama pluralidade de idéias, um pressuposto da democracia”.

Fonte: Margareth Santos

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.