Recuperação dos túneis Zuzu Angel e Acústico

Recuperação túneis
 

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos começa nesta  o trabalho de recuperação dos túneis Zuzu Angel e Acústico, que liga as zonas Sul e Oeste da cidade. O secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osorio, acompanhará o início das operações.

As equipes começam os serviços a partir das 23h30, com hidrojateamento no centro da galeria sentido São Conrado-Lagoa, que ficará fechada até às 5h do dia seguinte, sempre de domingo a quinta-feira, por dois meses. Depois será a vez das galerias no sentido Lagoa-São Conrado. O trabalho conta com o apoio das equipes da CET-Rio.  A reforma dos dois túneis, no valor de R$ 7.538.788,03, deverá estar concluída em seis meses.

O pacote total de serviços inclui fresagem e recapeamento asfáltico, pintura impermeabilizante com tinta cimentícia, sinalização horizontal, limpeza e tratamento de superfícies nas duas galerias. As paredes e o teto serão beneficiados, com a correção de infiltrações e instalação de sinalizadores e faixas refletivas.

As galerias, num total de 79.800 metros quadrados, receberão pintura com tinta acrílica. A previsão é que seja pavimentada uma área de cerca de 50 mil metros quadrados com a utilização de 200 toneladas de massa asfáltica por dia. Ao todo, serão utilizados 2.922 unidades de tachas de sinalização e 1.554 metros quadrados de faixas para marcação das pistas de rolamento.

Com a reforma, os dois túneis também ganharão nova iluminação. No total, serão reformulados 784 pontos de luz. O trabalho será realizado em 180 dias e custará R$ 3.312.836,79. Já no Túnel Acústico, serão reformulados 223 pontos de luz. Os serviços,  no valor de R$ 998.772,61, terão duração de 60 dias.

“A Prefeitura do Rio dá hoje um passo importante no programa que pretende reformar os túneis da cidade. Tanto o túnel Zuzu Angel, como o Acústico, nunca haviam passado por uma reforma completa. Vamos devolver aos motoristas um ambiente seguro e bem conservado”, afirmou o secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osorio.

 

Fonte: Conservação e Serviços Públicos

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.