Revista defende uso de fotos de Kate Middleton

Os flagras foram em locais públicos
 

Na quarta-feira (13/2), a revista italiana Chi se defendeu das acusações feitas pelo palácio de St. James, na Inglaterra, de que a publicação das fotos de Kate Middleton de biquíni e grávida feria a privacidade do casal real, informou o portal da Veja. Na terça (12/2), a família real disse em comunicado oficial que está “decepcionada” com a publicação das imagens.

 
Crédito:Reprodução
 
Segundo editor, casal real não foi perseguido para produção das imagens
 
Segundo o editor-chefe da Chi, Alfonso Signorini, a revista optou por publicar as fotos das férias de William e Kate na ilha caribenha de Mustique porque as imagens foram feitas em locais públicos.

“Não se pode falar em violação de privacidade se publicamos fotos de pessoas públicas em um local público. As fotos de William e Kate foram compradas de uma agência internacional. Não se pode comparar isso à perseguição da imprensa à princesa Diana”, disse Signorini.

 
 
Portal Imprensa

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.