Rio tem a segunda menor taxa de desocupação

Rio tem a segunda menor taxa de desocupação
 
Estudo do Observatório de Emprego e Renda, da Secretaria estadual de Trabalho e Renda, baseado em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que a Região Metropolitana do Rio é a segunda com a menor taxa de desocupação do país. De acordo com a pesquisa, em janeiro de 2011, o índice ficou em 5,1%, mantendo-se estável nos comparativos mensal e anual. O primeiro lugar ficou com Porto Alegre, cuja taxa ficou em 4,2%.
 
Neste período, ainda segundo o estudo, 10.349 mil pessoas encontravam-se em idade ativa, das quais 51,1% estavam ocupadas e 2,8% desocupadas. No grupamento de atividades, a maioria dos setores manteve produção estável, com destaque para Serviços que teve alta de 7,3%.
 
De acordo com o secretário estadual de Trabalho e Renda, Brizola Neto, o resultado é reflexo da política pública de geração de emprego e renda, adotada pelo Governo do Estado, centrada no desenvolvimento de planos de qualificação que privilegia a vocação região. Para os próximos anos, a meta é investir em atividades relacionadas aos setores de Indústria e Petróleo e Gás.
 
– O Rio está na vanguarda da geração de emprego e no avanço de investimentos em áreas como Indústria e Petróleo e Gás. Esse ambiente favorece a aproximação do pleno emprego, que precisa atingir 4%. O fundamental agora é investir em qualificação – garantiu o secretário de Trabalho e Renda.
 
Na comparação a janeiro de 2010, houve crescimento do rendimento para todos os trabalhadores, com destaque para os empregados sem carteira assinada no setor privado e os trabalhadores por conta própria, cujos aumentos foram de 23,3% e 17%, respectivamente.

Fonte: Governo do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.