Secretaria de Saúde do Rio vacina mais de 110 mil crianças contra a poliomielite e o sarampo

A vacinação segue até o dia 31 de agosto e os postos funcionam des 8h às 17h em toda a cidade do Rio
 

A Prefeitura do Rio vacinou, desde o último dia 6, quando foi iniciada a campanha de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, cerca de 110 mil crianças com idade entre 1 e menos de 5 anos. Somente no sábado, dia 18 de agosto,  Dia D de mobilização contra as doenças, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou mais de 500 pontos de vacinação em toda a cidade e aplicou mais de 50 mil doses das duas vacinas. 

 

 

 

A campanha vai até 31 de agosto, mas o ideal é não deixar para levar as crianças ao posto de vacinação na última hora. Além do dia D, as unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) funcionam para vacinação de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.  A meta é imunizar 95% da população alvo, o que representa 285,5 mil crianças.

 

As ações de prevenção e controle, em especial a vacinação, contribuíram para manter o país livre de circulação do Poliovírus selvagem. Desde 1990, não há casos registrados da doença no país, mas a redução das taxas de cobertura vacinal em algumas cidades brasileiras vem causando preocupação às autoridades sanitárias do país.

 

A vacinação contra sarampo será feita com a utilização de vacina Tríplice Viral, que protege ainda contra caxumba e rubéola. E na imunização contra a poliomielite será usada a Vacina Poliomielite Oral (VOP). 

 

As contraindicações para as duas vacinas são: hipersensibilidade grave conhecida a algum componente do insumo, imunodeficiência, portadores de HIV e quem tenha história de evento adverso grave em dose anterior da vacina. Vale informar que a rede municipal de Saúde está abastecida com vacina alternativa para os pacientes com relatos de alergia a leite. Para os pacientes com relatos de alergia É Importante levar a Caderneta de Vacinação, para avaliação da situação vacinal. Em caso de dúvidas, os pais ou responsáveis poderão pedir orientação ao profissional na unidade de saúde. 

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.