Secretaria estende águas de março por 30 dias

Mais 126 pontos da cidade serão atendidos pela operação integrada
 
A operação especial Águas de Março, da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos foi prorrogada por mais 30 dias, conforme anunciou, nesta quarta-feira, dia 31/03, o secretário de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório. O balanço de resultados referente a março incluiu entre os mais importantes serviços, a limpeza de 21.715 ralos, 20,78 quilômetros de galerias pluviais e 25,47 quilômetros de ramais de caixa de ralo. O objetivo de operação é melhorar as condições de drenagem na cidade, principalmente no período de chuvas intensas.
 
 
Para o secretário de Conservação e Serviços Públicos, a continuidade de programa, de maneira integrada e focada, pode garantir maior êxito nas ações, segundo ele, preventivas e reativas. A operação Águas de março alcançou 366 logradouros, cumprindo em mais de 100% a meta inicial de 189 pontos. “Comprovamos o poder e a eficácia de ações conjuntas dos órgãos da conservação pública. O trabalho integrado é mais ágil e mais produtivo, trazendo excelentes resultados. Por isso avançamos mais rapidamente e pudemos ir além das metas iniciais. Decidimos estender esta operação para garantir uma maior cobertura na manutenção da nossa rede de drenagem e galerias pluviais e, deste modo, evitar alagamentos. Manteremos durante todo o período também o trabalho na Avenida Brasil”, afirmou o secretário.
 
 
Além da Águas de Março, envolvendo os órgãos de conservação, a Prefeitura do Rio de Janeiro, atua no combate às enchentes mobilizando a Rio-Águas e a Geo-Rio, por meio da Secretaria Municipal de Obras, durante todo o ano. Segundo o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, as ações preventivas da secretaria foram intensificadas para minimizar os transtornos à população neste período do ano. “Mantivemos nossos contratos de manutenção em dia e priorizamos a limpeza dos rios com históricos de enchentes. Nossa expectativa é melhorar cada vez mais este quadro. Já nesse ano, buscamos articular melhor o sistema de alerta de deslizamentos da Geo-Rio, o Alerta Rio, com os outros órgãos da Prefeitura e o resultado foi ótimo”, comentou o secretário.
Na quinta semana da operação foram realizadas as limpezas de 1.111 ralos (Comlurb), 2,81 quilômetros de galerias de águas pluviais e 3,38 quilômetros de ramais de caixas de ralo (CGC).
 
 
Durante um mês, seis pontos de cinco áreas de planejamento da cidade (AP 1 – Centro, Tijuca, Santa Teresa e São Cristóvão, AP 2 – Zona Sul, AP 3 – Zona Norte, AP 4 – Barra da Tijuca, Recreio e Jacarepaguá e AP 5 – Zona Oeste) foram atendidos diariamente, além da Avenida Brasil. A Comlurb contou com 474 garis e ferramentas específicas como caminhões basculante, carros-pipa e varredeiras. Já a CGC envolveu o trabalho de cerca de 100 homens por dia de atividade. Para o trabalho usou caminhões vacol, destinados à sucção de detritos sólidos na limpeza dos ramais e dos poços de visitas, além de aparelhos Sewer-Jet, que lançam um jato d´água de alta pressão para desobstrução dos ramais.
 
Águas de Março – Programação de abril
 
 
      Segunda – Feira: 05/04/2010
        AP 1 – Rua Pedro Ernesto e Av. Professor Pereira Reis;
        AP 2.1 – Av. Borges de Medeiros;
        AP 2.2 – Rua Conde de Bonfim (entre a Rua Uruguai e Largo da 2ª Feira);
        AP 3 – Rua Uranos (entre a Rua Ibiapina e Rua Humboldt);
        AP 4 – Estrada do Cafundá (entre a Av. Nelson Cardoso e Praça Valdir Vieira);
        AP 5 – Rua Francisco Real e Rua da Feira;
        Av. Brasil entre Irajá e Santa Cruz
         
        Terça – Feira: 06/04/2010
        AP 1 – Rua Figueira de Melo e Rua Bela;
        AP 2.1 – Av. Borges de Medeiros;
        AP 2.2 – Rua Conde de Bonfim (entre a Rua Uruguai e Largo da 2ª Feira)– Continuação;
        AP 3 – Rua Uranos (entre a Rua Ibiapina e Rua Humboldt) – Continuação;
        AP 4 – Estrada do Cafundá (entre a Av. Nelson Cardoso e Praça Valdir Vieira)- Continuação;
        AP 5 – Rua Francisco Real e Rua da Feira – Continuação;
        Av. Brasil entre Irajá e Santa Cruz
         
        Quarta – Feira: 07/04/2010
        AP 1 – Rua Figueira de Melo e Rua Bela – Continuação;
        AP 2.1 – Av. Borges de Medeiros;
        AP 2.2 – Rua Haddock Lobo (entre Largo da 2ª Feira e Largo do Estácio);
        AP 3 – Av. Brás de Pina (entre o Largo do Bicão e a Rua Ápia);
        AP 4 – Estrada do Cafundá (entre a Av. Nelson Cardoso e Praça Valdir Vieira)- Continuação;
        AP 5 – Rua Francisco Real e Rua da Feira – Continuação
       Av. Brasil entre Irajá e Santa Cruz
 
        Quinta – Feira: 08/04/2010
        AP 1 – Rua São Luiz Gonzaga (entre o Campo de São Cristóvão e o Largo do Pedregulho);
        AP 2.1- Av. Epitácio Pessoa (entre o Jardim de Alah e o Corte do Cantagalo);
        AP 2.2 – Rua Haddock Lobo (entre Largo da 2ª Feira e Largo do Estácio) – Continuação;
        AP 3 – Av. Brás de Pina (entre a Rua Ápia e o Largo da Penha);
        AP 4 – Av. dos Mananciais e entorno da Praça Jaurú;
        AP 5 – Rua Silva Cardoso;
        Av. Brasil entre Irajá e Santa Cruz
 
        Sexta – Feira: 09/04/2010
        AP 1 – Rua São Luiz Gonzaga (entre o Campo de São Cristóvão e o Largo do Pedregulho) – Continuação;
        AP 2.1 – Av. Epitácio Pessoa (entre o Jardim de Alah e o Corte do Cantagalo) – Continuação;
        AP 2.2 – Rua Haddock Lobo – Continuação e Rua Batista das Neves;
        AP 3 – Av. Brás de Pina (entre a Rua Ápia e o Largo da Penha) – Continuação;
        AP 4 – Av. dos Mananciais e entorno da Praça Jaurú – Continuação;
        AP 5 – Av. Cesário de Melo;
        Av. Brasil entre Caju e Irajá
 
 
        Sábado: 10/04/2010
        AP 1/2 – Rua Santa Alexandrina (entre Rua Paula Ramos e a Rua da Estrela);
        AP 3 – Av. Ibiapina;
        AP 4 – Rua Luiz Beltrão;
        AP 5 – Av. Cesário de Melo 
 
 
 

Fonte: Secretaria de Conservação

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.