Segurança reforçada para carros apreendidos

Detran intensifica controle
 
A partir da próxima segunda-feira (20/7), o Detran reforçará a segurança referente aos procedimentos para liberar os veículos apreendidos nos depósitos do órgão. Além do ofício emitido em papel para autorizar o proprietário a reaver o veículo, o departamento passará a incluir, no sistema conjunto com os pátios, a informação de que o veículo realmente pode ser retirado do depósito. A medida foi adotada para evitar que pessoas mal-intencionadas apresentem documentos falsos nos pátios e, assim, consigam reaver o veículo de forma irregular, sem quitar débitos de multas, IPVA e demais taxas.
Neste mês, nove veículos — oito carros e uma motocicleta — foram retirados dos depósito do Detran, em Niterói, por motoristas com documentos falsificados. A empresa responsável pelos pátios registrou os casos de furto na 76ª DP (Niterói). A polícia desconfia de uma quadrilha que age no município apresentando falsos Ofícios de Liberação de Veículos para retirar os carros do pátio, sem precisar arcar com os custos para regularizar o veículo. Para obter o documento original, em uma das Unidades de Liberação de Veículos do Detran, é preciso quitar todos os débitos de multas, taxas e IPVA.
Depois de feito o registro na delegacia, os nove veículos passaram a constar no cadastro do Detran como furtados. Isto significa que, se forem apreendidos nas ruas, seus motoristas serão encaminhados à delegacia e responderão pelo crime. Vale lembrar que somente o proprietário ou um representante com procuração registrada em cartório têm autorização para retirar o veículo do depósito. O Detran descobriu o golpe ao verificar que os falsos documentos apresentam a mesma série numérica que outros ofícios verdadeiros.
Para o proprietário, os procedimentos para liberar o veículo do depósito continuam os mesmos. Ele continuará tendo que apresentar o Ofício de Liberação de Veículo no pátio. A diferença é que o responsável pelo depósito poderá confirmar a veracidade do documento apresentado pelo motorista no sistema que reúne o cadastro dos veículos apreendidos.
O Ofício de Liberação do Veículo é indispensável para retirar o veículo dos pátios. O documento deve ser solicitado em uma das três Unidades de Liberação de Veículos do Detran, localizadas na sede do órgão (na Avenida Presidente Vargas, 817, térreo, Centro do Rio), na Barra da Tijuca (Shopping Città America, na Avenida das Américas, 700, 2º piso, Loja 211-A), e em Belford Roxo (Shopping do supermercado Carrefour, na Avenida Jorge Júlio da Costa Santos, 200 – Loja 4). Em todas as unidades, o funcionamento é de segunda a sexta, das 9h às 17h.
Veja o serviço para liberar os veículos dos depósitos
Se você foi pego em operação do Detran porque não pagou o IPVA ou não fez o licenciamento anual (vistoria), veja o que deve fazer para retirá-lo do pátio para onde ele foi rebocado.
1. No momento da autuação, você vai receber um documento chamado Guia de Recolhimento Veicular (GRV), onde o agente do Detran vai escrever seus dados e os do veículo.
2. Vá a uma agência do banco Itaú para regularizar a situação do veículo, pagando todos os débitos pendentes, como IPVA e multas (com os dados do veículo, o banco informa tudo o que você deve e quanto tem de pagar à vista e em dinheiro).
3. Feita a regularização, isto é, o pagamento do que você devia, compareça à sede do Detran (Av. Presidente Vargas, 817, Acesso 7, no Centro do Rio), ou no posto de vistoria de Belford Roxo, situado no shopping do Supermercado Carrefour (entrada de Belford Roxo pela Rodovia Presidente Dutra), ou ainda na Unidade de Liberação de Veículo da Barra, que fica no shopping Città America, na Avenida das Américas, 700, 2º piso, Loja 211-A. Você vai obter o Ofício de Liberação do Veículo, levando o comprovante da quitação de débitos e original e cópia do Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e da Carteira de Identidade.
4. Já com o Ofício de Liberação do Veículo nas mãos, você vai à empresa de reboque (Av. Passos, 120, Centro do Rio) ou ao posto de vistoria de Belford Roxo, para obter as guias de pagamento do reboque e das diárias do carro no pátio.
5. Depois disso, vá a qualquer agência bancária ou casa lotérica para pagar as taxas de reboque e diárias.
6. Como a essa altura dos acontecimentos você já foi informado pela empresa de reboque qual o endereço do depósito para onde seu veículo foi rebocado, vá até lá com o Recibo de Retirada do Veículo e os originais das carteiras de Identidade e Habilitação e o receba de volta.
7. Em caso de dúvida, você pode localizar pela internet em qual depósito se encontra o veículo. Para isso, basta acessar o site www.detran.rj.gov.br, clicar no link “Consulte se o seu veículo está num dos pátios do Detran” e digitar o código alfanumérico da placa.

Fonte: Detran

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.