Cinegrafista da Rede Globo é agredido em protesto no centro de São Paulo

O profissional foi ferido por manifestantes
 

 

Um cinegrafista da TV Globo foi agredido, provavelmente por manifestantes, ao fim de um protesto, na noite de  terça-feira (20), no centro de São Paulo. Ele foi encontrado com diversos ferimentos próximo à biblioteca Mário de Andrade e socorrido ao Hospital Sírio-Libanês.

 

 

De acordo com o R7, a suspeita é de que o funcionário da emissora tenha sido agredido por integrantes da manifestação, que pedia a saída do governador Geraldo Alckmin e a desmilitarização da PM. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do profissional. 

 

 

 

O protesto começou na avenida Paulista e desceu a rua Augusta, chegando à região da República. Próximo à biblioteca Mário de Andrade, os manifestantes se dispersaram, de acordo com a PM. Os policiais acompanharam alguns grupos. Porém, até as 21h, o Centro de Operações da Polícia Militar não tinha qualquer comunicado da agressão.

 

 

 

PORTAL IMPRENSA

0 comentários