Seop deflagra Choque de Ordem no Engenho Novo

Durante operação houve demolições
 

A Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) em parceria com a Subprefeitura da Zona Norte demoliram, na manhã desta terça-feira (14 de julho), parte de uma concessionária de veículos localizada na Rua Vinte e Quatro de Maio,1.047 e 1.071, lote 1, esquina com Rua Alan Kardec, no Engenho Novo. A construção irregular, além de não ter licença para o acréscimo, não respeitava o afastamento frontal nem a área de recuo estipulada para aquela localidade.

– A obra feita foi um abuso. O proprietário não cumpriu as determinações da Prefeitura. Foi notificado e multado diversas vezes mas manteve a atividade economica no local – confirmou André Santos, subprefeito da Zona Norte.

Cerca de 100 pessoas participaram da ação, entre agentes da Seop, funcionários da Subprefeitura da Zona Norte, guardas municipais, garis da Comlurb, uma equipe de Conservação da Secretaria Municipal de Obras, técnicos da Light e policiais civis e militares. Uma retro escavadeira e três caminhões da Comlurb foram utilizados na operação de derrubada.

– Além de devolver o espaço público à população, demolições como esta desestimulam aqueles comerciantes que têm a intenção de ocupar ilegalmente as calçadas – afirmou Alex Costa, subsecretário de Controle Urbano.

O subsecretário acrescentou que o proprietário tentou legalizar o acréscimo porém não foi autorizado. A obra chegou a ser parada em 1998 mas foi retomada em 2007, sendo concluída em 2009.

Durante a demolição realizada hoje, a Guarda Municipal também rebocou um veículo e multou outros 10 que estavam no entorno, por estacionamento irregular ou por trafegar pela contramão na Rua Alan Kardec.
   
– Achei excelente a ação da Prefeitura. A devolução do espaço público é uma medida necessária. Com o passar dos anos, os comerciantes do bairro vão expandindo seus negócios e ocupam as calçadas irregularmente – reclamou Lúcia Almeida, moradora há 15 anos do Engenho Novo e que assistia ao Choque de Ordem.

A Prefeitura fará um levantamento do custo operacional da ação de demolição realizada nesta terça-feira e encaminhará para o proprietário do estabelecimento.

 

Fonte: Seop

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.