Sumidouro ganha projeto de melhoria da qualidade do leite

Ação é resultado de parceria entre Pesagro-Rio, Emater-Rio, Faperj e Prefeitura
 

Em Sumidouro, na Região Serrana, uma ação conjunta da Pesagro-Rio e da Emater-Rio, empresas vinculadas à secretaria de Agricultura e Pecuária, vai transformar a realidade de famílias produtoras de leite da localidade São Lourenço, na microbacia Rio Paquequer. Trata-se de um projeto de recuperação produtiva e sanitária da pecuária leiteira, que prevê o uso da cana-de-açúcar com ureia como alternativa para alimentação de bovinos no período de seca, prática que também vem sendo incentivada desde 2008 pelo Programa Rio Rural, com sucesso, no norte e noroeste fluminense.

Resultado de um projeto de pesquisa financiado pela Faperj (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro), a iniciativa também está sendo desenvolvida em São Fidélis, no norte do estado. Por meio da disponibilização de mudas de cana-de-açúcar para agricultores familiares destes dois municípios, o objetivo é incentivar a adoção de novas técnicas de plantio e de manejo sanitário do rebanho bovino.

Para isso, foram instaladas, no segundo semestre do ano passado, quatro unidades demonstrativas em Sumidouro, que receberam um trabalho específico de preparação do solo através de análise, correção de acidez e adubação. Uma delas está na propriedade de José Manoel de Souza Mattos, que até três anos atrás dedicava-se apenas à lavoura. Ele conta que sempre teve a intenção de melhorar a alimentação do gado, mas não dispunha de recursos.

– Estou satisfeito com o trabalho e animado com a possibilidade de aumentar os ganhos – revelou.

Outro beneficiário é Uemerson de Lima Ramos, 23 anos, que tira, no período chuvoso, a média de 60 litros diários de leite, escoados para a cooperativa de Sumidouro.

– Acho que a introdução da cana vai ser muito boa para o rebanho. Até então, só usava capim – disse o criador, que também produz tomate, berinjela e jiló.

De acordo com o pesquisador do Centro Estadual de Pesquisa em Sanidade Animal da Pesagro-Rio, Arivaldo Ribeiro Viana, a utilização da cana com ureia é uma opção viável, que contribui para a recuperação dos rebanhos.

– A proposta do trabalho é melhorar a alimentação de vacas de leite e, consequentemente, a produtividade desses animais, justamente na época de seca, quando as pastagens são mais fracas – explicou.

Médico veterinário da Emater-Rio e técnico executor do Rio Rural na microbacia Rio Paquequer, Jader Serafim Campanati ressalta que Sumidouro foi o município que mais teve perdas de pastagens por conta da tragédia climática de 2011. Segundo ele, essa parceria vai oferecer ganhos significativos na qualidade do leite e, também, promover o restabelecimento pleno da bovinocultura leiteira na microbacia.

– A variedade da cana implantada apresenta boa produtividade, boa capacidade de rebrota e está adaptada ao clima da região – garantiu.

 

Governo do Rio

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.