Após protesto, movimento marca reunião para tratar de moradia em SP

Após protesto, movimento marca reunião para tratar de moradia em SP

O grupo reivindica a construção de moradias pelo Programa Minha Casa, Minha Vida em um terreno de 68 mil metros quadrados ocupado no bairro do Grajaú, zona sul da cidade