Câmara aprova obrigação de salva-vidas em locais aquáticos

Câmara aprova obrigação de salva-vidas em locais aquáticos

O texto prevê que nos espaços privados, os responsáveis pelo área deverão contratar profissionais salva-vidas na proporção de um para cada grupo de 200 frequentadores