Polícia Militar do Rio parou, há cinco anos, de orientar policiais a lidar com distúrbios civis

Polícia Militar do Rio parou, há cinco anos, de orientar policiais a lidar com distúrbios civis

O presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz, disse que o problema não é esse, mas sim que há a ausência da polícia para evitar os atos violentos, como saques e depredações