Líder do governo no Senado nega redução de repasses de royalties para educação e saúde

Líder do governo no Senado nega redução de repasses de royalties para educação e saúde

O senador reconheceu que a parcela dos royalties não é suficiente para cobrir a reserva de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação, mesmo que 100% dos royalties fossem destinados exclusivamente à área