Com desoneração, smartphones produzidos no país podem ficar até 30% mais baratos que importados

Com desoneração, smartphones produzidos no país podem ficar até 30% mais baratos que importados

O objetivo é estabelecer diretrizes para o desenvolvimento de aplicativos no país e definir como podem ser usados nos smartphones beneficiados pela desoneração