Tensão com lançamento de mísseis

internacional
 

Os Estados Unidos pediram para que a Coreia do Norte não agrave ainda mais a tensão entre ela e a comunidade internacional, afirmando que sua última série de mísseis lançados "não ajuda".
— A Coreia do Norte deveria se abster de ações que agravam a tensão e se dedicar às negociações sobre sua nuclearização, cumprindo seus compromissos da declaração conjunta do dia 19 de setembro — declarou à agência de notícias France Presse o porta-voz do departamento de Estado, Karl Duckworth.
De acordo com o porta voz, ete tipo de comportamento dos norte-coreanos não ajuda.
— O que a Coreia do Norte deve fazer é cumprir com seus compromissos internacionais — disse.
O lançamento de mísseis na madrugada de ontem (04/07) destaca a importância de implementar tudo o foi previsto nas resoluções da Organização das Nações Unidas (ONU), segundo o porta voz.
A Rússia e a China também pediram calma após os lançamentos. A Coreia do Norte disparou sete mísseis balísticos experimentais. Os projéteis são semelhantes aos lançados apenas dois dias antes, em um claro desafio aos Estados Unidos, que comemoram sua independência.
A Coreia do Norte, que tem histórico de disparar mísseis em momentos de tensões diplomáticas, foi alvo de uma sanção da ONU após realizar um teste com armas nucleares em 25 de maio.
Os serviços de Inteligência da Coreia do Sul já tinham informado no mês passado que o vizinho se preparava para novos exercícios com mísseis balísticos, incluindo um de longo alcance.
Fonte: Da redação

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.