Tomógrafo móvel chega a Angra dos Reis

Tomógrafo móvel chega a Angra dos Reis
 

A partir da terça-feira (27/04), usuários do SUS de Angra dos Reis vão contar com o serviço de tomografia móvel, projeto criado para atender aos moradores de cidades em que não há esse tipo de exame na rede pública de Saúde ou que o serviço já existente não seja capaz de suprir a demanda. Instalado numa carreta especial, fabricada e montada por uma empresa norte-americana, o equipamento é capaz de realizar um exame em 30 segundos (enquanto os aparelhos antigos levam entre 20 e 40 minutos).

A Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil (Sesdec) investiu cerca de R$ 3 milhões na criação do novo serviço. Amanhã, o coordenador do serviço, Jorge Ataualpa, estará no local onde o equipamento está instalado a partir das 12h, à disposição dos jornalistas.

O equipamento ficará na Praia da Chácara, na Avenida Caravelas, ao lado do Centro de Estudos Ambientais (CEA), até o dia 08 de maio e fará exames de segunda a sábado, das 7h30 às 18h. A previsão é que o serviço realize cerca de 500 exames na cidade. Em Queimados, onde o tomógrafo móvel ficou até o último dia 20, foram realizados 868 exames.

O aparelho é operado por médicos radiologistas, com especialização na área e o resultado do exame é entregue à prefeitura, que fica responsável por enviar ao paciente, para ser encaminhado ao médico solicitante. Para agendar o exame, o paciente deve entregar o pedido à secretaria municipal de Saúde, que encaminhará uma planilha com as demandas para o Serviço.

O paciente é informado pela Prefeitura sobre a data em que deverá comparecer para realizar o exame. Os pacientes que possuem aparelho celular recebem depois uma confirmação da Sesdec, via Serviço de Mensagens Curtas (SMS), mais conhecido como torpedo. O envio é feito 48 horas antes da data marcada para o exame, com informações sobre o local e horário.

A planilha com os exames a serem agendados é preparada com antecedência, antes da chegada do tomógrafo móvel ao município, assim os responsáveis pelo serviço já sabem quantos exames vão ocorrer no período em que permanecer naquela localidade. Para fazer o exame, é necessário prescrição de um médico especialista.

Ana Lúcia Eiras Neves, assessora técnica da Subsecretaria da Atenção à Saúde da Sesdec, lembra que os exames de imagem possibilitam um diagnóstico preciso e rápido, além de permitir um tratamento mais adequado.

– A tomografia de múltiplos detectores tem alta sensibilidade e especificidade na identificação de lesões provocadas por traumas, tumores, processos infecciosos, entre outros. Por ser um exame rápido, seguro e de boa relação custo x beneficio é a primeira opção nos atendimentos de emergência – explica Ana Lúcia.

Desde agosto do ano passado, quando entrou em operação, o serviço de tomografia móvel já esteve em Resende, Valença, Teresópolis, Três Rios, Bom Jardim, Araruama, Rio das Ostras, Campos dos Goytacazes, Itaperuna, Santo Antônio de Pádua, São Gonçalo, Nilópolis, Rio de Janeiro (no Hospital Souza Aguiar), Nova Iguaçu, Belford Roxo e Queimados. Ao todo, foram realizados 10.204 exames.

Fonte: Secretaria de Saúde e Defesa Civil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.