Van da comissão de habitação atende no Centro

Van da comissão de habitação
 

A van da Comissão de Política Urbana, Habitação e Assuntos Fundiários da Assembleia Legislativa do Rio, que está cadastrando pessoas interessadas em participar do programa "Minha Casa, Minha Vida", do Governo federal, está atendendo esta semana, entre segunda-feira (27/07) e sexta-feira (31/07), em frente ao Palácio Tiradentes, na Rua Dom Manoel, s/nº, Centro do Rio. O serviço móvel funciona das 10h às 17h. O principal objetivo deste atendimento é encaminhar as pessoas para uma sala da comissão no prédio administrativo da Alerj, na Rua da Alfândega, 8, Centro do Rio, onde há quatro funcionários qualificados para efetuar a inscrição.

"Queremos facilitar o acesso de todos ao `Minha Casa, Minha Vida` criando, através do cadastramento, uma oportunidade para que o sonho da casa própria se torne uma realidade à população", afirma o presidente da Comissão de Habitação, deputado Alessandro Calazans (PMN).

Pessoas com deficiência ou que tenham dificuldade de ir até o prédio da Alfândega poderão efetuar o cadastramento no próprio veículo. Os interessados em entrar em contato com a comissão também podem fazê-lo pelo Disque Habitação (0800 282 8891), disponibilizado para orientação sobre o programa da União.

O atendimento telefônico também está recebendo denúncias sobre pessoas que tentam enganar quem quer se cadastrar. O "Minha Casa, Minha Vida" é uma iniciativa do Ministério das Cidades e tem como meta a construção de 1 milhão de moradias para famílias com renda de até 10 salários mínimos, em parceria com estados, municípios e iniciativa privada. Além de viabilizar a casa própria para famílias de baixa renda, o programa pretende impulsionar a economia, gerar empregos e trazer reflexos positivos para toda a sociedade.

Mais informações sobre o "Minha Casa, Minha Vida" podem ser obtidas pelo site www.minhacasaminhavida.gov.br.

 

 

Fonte: Prefeitura do Rio

0 comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.