Variação nos juros de empréstimo pessoal

Variação nos juros de empréstimo pessoal
 
A taxa média do empréstimo pessoal apresentou uma queda inexpressiva, em setembro, após dois meses de alta, de acordo com a pesquisa de juros da Fundação Procon-SP, divulgada nesta sexta-feira (9/9), na capital paulista. Já a taxa média do cheque especial registrou uma pequena alta em função de um dos bancos pesquisados ter aumentado o percentual de juros.
 
No caso do empréstimo pessoal, a taxa média dos bancos pesquisados em setembro ficou em 5,86% ao mês, inferior em 0,01 ponto percentual à de agosto, que foi 5,87%. A única alta verificada foi registrada no Bradesco, que alterou a taxa de 6,34% para 6,37% ao mês, o que significa um acréscimo de 0,03 ponto percentual, uma variação positiva de 0,47% em relação à de agosto.
 
De acordo com o Procon-SP, a única queda foi verificada no Safra, que alterou a taxa de 5,50% para 5,40% ao mês, um decréscimo de 0,10 ponto percentual, representando uma variação negativa de 1,82% em relação ao percentual de agosto. Os demais bancos mantiveram as taxas de empréstimo pessoal.
 
Em relação ao cheque especial, a taxa média dos bancos pesquisados foi 9,57% ao mês, superior em 0,01 ponto percentual à do mês anterior, que foi de 9,56%. A única alteração ocorreu no Bradesco, que elevou a taxa de cheque especial de 8,91% para 8,95% ao mês, o que significa um acréscimo de 0,04 ponto percentual – variação positiva de 0,45% em relação à taxa de agosto. Os demais bancos mantiveram as taxas de cheque especial.
 
A pesquisa de taxas de juros foi feita no dia 2 deste mês e envolveu as seguintes instituições financeiras: Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Safra e Santander.
O Procon-SP ressalta que o consumidor deve se manter cauteloso e verificar a real necessidade na contratação de um empréstimo. Se for inevitável, deve se informar sobre outras formas de financiamento, como a possibilidade de obtenção de crédito com desconto em folha de pagamento (empréstimo consignado), que oferece taxas menores.

Fonte: Agência Brasil

0 comentários

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.