Início Plantão Rio 18 ônibus saem de circulação

18 ônibus saem de circulação

Dos 21 ônibus vistoriados pela Subsecretaria de Fiscalização de Transportes, em apenas um dia e meio de trabalho, somente três deles foram aprovados durante ações direcionadas para checar possíveis irregularidades cometidas pelas empresas que oferecem esta modalidade de transporte coletivo no município do Rio de Janeiro.

Durante as operações, realizadas nas manhãs de ontem e de hoje (4), os fiscais constataram que quatro dos veículos fiscalizados não possuíam cadastro junto à Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) para operar na condução remunerada de passageiros. Considerados “piratas”, por circularem clandestinamente, eles foram removidos para um depósito público.

Tanto os coletivos que foram lacrados ou removidos, como os que sofreram as duas penalidades – lacre e remoção -, só poderão voltar a circular após terem seus problemas solucionados e serem submetidos a uma nova vistoria da Secretaria.

Documentação vencida, sistema elétrico com falhas, pneus carecas, bancos soltos e vidro trincado estão entre os itens avaliados e que apontam se o veículo está apto ou não a circular dentro de um padrão de qualidade que não ofereça risco aos usuários.

 

Terça-feira, 4 de maio – A fiscalização ocorreu, simultaneamente, das 9h30 às 10h30, em dois locais da cidade: Passeio Público e Av. Chile. No primeiro, sete veículos da Rubanil (Linha 350) passaram pela vistoria dos fiscais, o que resultou na reprovação de todos, ou seja, no lacre de seis deles e no lacre e remoção de outro.

Já na Av. Chile, os ficais flagraram a empresa Campo Grande (Linhas S13 e 397), que teve um veículo aprovado, porém outros três coletivos foram lacrados e removidos, dos quatro que foram vistoriados. Neste mesmo local, a Zona Oeste (Linhas S15 e E06) apresentou um veículo em situação regular e dois que foram removidos por estarem na condição de “piratas”, dos três fiscalizados.

 

Segunda-feira, 3 de maio – O alvo da ação dos fiscais foi direcionado à Pégaso, empresa que ocupa atualmente o quinto lugar no ranking negativo elaborado pela SMTR, baseado nas reclamações efetuadas pela população, através da Ouvidoria da própria Secretaria. A estatística reúne dados apurados durante o último trimestre (janeiro, fevereiro e março).

Das 9h30 às 11h30, a Subsecretaria de Fiscalização atuou no Terminal Alvorada, localizado na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio). Dos seis ônibus da Pégaso (Linhas 882, 1135 e 460S) avaliados, apenas um foi aprovado, um recebeu lacre, dois foram lacrados e removidos, e outros dois foram rebocados por estarem circulando também em condição “pirata”. Na ocasião, os fiscais também lacraram um ônibus da Transurb (Linha 691).   

Itinerários das linhas:

Fonte: www.rioonibus.com

 

350 (Rubanil): Irajá – Passeio (Via Praça das Nações)

397 (Campo Grande): Campo Grande – Tiradentes (Via Bangu)

S13 (Campo Grande): Lavradio – Bangu

S15 (Zona Oeste): Lavradio – Santa Cruz

882 (Pégaso): Santa Cruz – Barra da Tijuca

1135 (Pégaso): Castelo – Santa Cruz (Via Barra da Tijuca)

691 (Pégaso): Méier – Alvorada

 

Secretaria Municipal de Transportes

Subsecretaria de Fiscalização

Assessoria de Imprensa:

Contato: Louiseanne Parreira (JP 01436)

Telefone: (21) 2530-4564 / 8156-3844

E-mail: [email protected]

Fonte: Secretaria Municipal de Transportes