Início Cultura 19 de abril: Dia do Índio

19 de abril: Dia do Índio

O Dia do Índio é comemorado em 19 de abril e foi instituído no Brasil durante o governo Vargas.

Escolas, entidades e diversos grupos indígenas realizam eventos a fim de recordar a importância da cultura indígena na formação do povo brasileiro.

 

Origem e história do Dia do Índio
Em 19 de abril de 1940 foi realizado o “1.º Congresso Indigenista Interamericano”, no município de Pátzcuaro, no estado de Michoacán, no México.

Assim, para celebrar este acontecimento, o dia 19 de abril foi a data foi escolhida durante o governo de Getúlio Vargas (1883-1954), através do Decreto-Lei n.º 5.540, de 1943.

Diversas autoridades governamentais e vários líderes indígenas estavam presentes no congresso. Durante o evento foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, com sede no México, que atua colaborando na coordenação das políticas indígenas na América.

Nas escolas é habitual que as crianças participem neste dia de atividades que remetem aos costumes indígenas.

Infelizmente, devido à influência americana, os alunos acabam copiando os modelos dos Estados Unidos ao invés de valorizar a rica cultura indígena do Brasil.

Por isso, algumas sugestões de atividades para celebrar o Dia do Índio:

Culinária: preparar algum alimento com mandioca, fazer alguma receita como uma banana cozida com peixe.

Literatura e Língua Portuguesa: conta-contos de lendas indígenas e buscar o significativo de palavras de origem indígena.

Esporte: realizar alguma modalidade que está prevista nos Jogos Indígenas como lançamento de lança ou corrida com toras.

Arte: mostrar aos alunos fotos de diferentes etnias indígenas do Brasil (ou do mundo) e pedir que eles a reproduzam em si mesmos. Lembrando que os indígenas não pintam apenas o rosto, mas o corpo. Também é possível recorrer à arte plumária indígena para a realização de trabalhos manuais.

O povo indígena foi parte importante na formação da cultura brasileira. Sua influência se revela nos costumes, na alimentação, na língua e na mistura étnica do povo brasileiro.

Podemos apontar o uso da rede de dormir, o artesanato de palha e cipó, a fabricação de utensílios de cerâmica, com algumas dessas marcas.

Na culinária, temos as comidas feitas com milho, frutas e mandioca. Na medicina, destaca-se o uso de ervas medicinais. Igualmente, no folclore brasileiro, existem as figuras dos caboclinhos, os pajés, as lendas que contam a origem de plantas como a vitória-régia e pássaros como o Uirapuru.

 

11 exemplos de palavras de origem indígena
Um número apreciável de palavras de origem indígena integra o vocabulário brasileiro:

Maracanã
Ipanema
Itamaracá
Itu
pororoca
tucunaré
uirapuru
caju
pitanga
Jaci
Iara

Existem no Brasil 896 919 índios de 305 etnias, que falam 274 idiomas e vivem espalhados no país.

Em 2012 foi realizada uma pesquisa em 32 aldeias em todas as regiões do país, onde foram entrevistaram 1 222 índios de vinte etnias.

O resultado da pesquisa revela que os índios querem progredir socialmente por meio do trabalho e dos estudos, sem deixar de valorizar sua cultura.