Início Plantão Brasil 53% dos consumidores apontam social commerce como nova tendência

53% dos consumidores apontam social commerce como nova tendência

 

De acordo com a pesquisa divulgada recentemente pela Cetelem, 53% dos consumidores entrevistados afirmam que comprar produtos por meio das páginas das redes sociais, sem ter que ir à loja virtual, é uma expectativa próxima. Segundo o levantamento, 61% dos consumidores representantes das classes AB apostam na ascensão do social commerce, enquanto 55% da classe C, e 42% das classes DE afirmam o mesmo. Geograficamente, 57% dos entrevistados da região Nordeste acreditam no potencial de vendas por meio das redes sociais, seguidos pelas regiões Sudeste, com 53%; Sul, com 52%; e Nordeste e Centro-Oeste, com 46%.

 

 

Para Ricardo Grandinetti, gerente de produtos da LikeStore, principal plataforma de social commerce no País, a pesquisa da Cetelem reforça o potencial que o consumidor vê nas vendas pelas redes sociais. “O social commerce está começando no Brasil, por isso, ainda é necessário um período de adaptação para o vendedor entender como funciona o modelo de negócios. Não adianta querer vender um carro, ou uma geladeira pelo Facebook, pois não é o foco deste tipo de vendedor”, explica o executivo. “Assim que a percepção do lojista estiver apurada, e isso vem acontecendo cada vez com mais rapidez, o social commerce vai se consolidar mais como tendência de mercado, aparecendo como um complemento para as lojas virtuais e físicas”, conclui Grandinetti.

 

Fonte: Assessoria