Início Plantão Mundo 75 países prometem reduzir emissão de gases

75 países prometem reduzir emissão de gases

O Secretariado de Mudança Climática da Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou que 75 países firmaram o compromisso de que tentarão reduzir ou limitar a emissão de gases de efeito estufa no planeta. Apenas esses países são responsáveis por 80% das emissões globais de uso de energia.

Detalhes do acordo foram revelados nesta quarta-feira, no documento divulgado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (UNFCCC).

No acordo, 41 países industrializados informaram oficialmente que pretendem reduzir a emissão de gases. Outros 35 comunicaram as ações que estão em execução, mas informaram necessitar de apoio financeiro e tecnológico.

“As promessas que estão sobre a mesa são um passo importante para o objetivo de limitar o crescimento das emissões”, disse o secretário executivo da UNFCCC, Yvo de Boer, segundo o documento divulgado hoje. Ele lembrou que de 29 de novembro a 10 de dezembro será realizada a Conferência do Clima, no México, quando o assunto vai ser  retomado.

Antes, de 9 a 11 de abril, haverá uma rodada de negociações da UNFCCC que está programada para ser realizada em Bonn, na Alemanha. O objetivo é discutir o acordo sobre a organização e os métodos de trabalho que serão implementado ao longo deste ano.

O documento divulgado  reúne os relatórios oficiais sobre os resultados da conferência promovida em dezembro do ano passado pelas Nações Unidas sobre as alterações climáticas, em Copenhague, na Dinamarca. Cada relatório é dividido em duas partes: uma relativa a um processo formal e a outra sobre as decisões tomadas pelo órgão competente.

Em Copenhague, presidentes da República e primeiros-ministros firmaram um acordo que define como meta limitar a 2 graus Celsius o aumento da temperatura média do planeta. Porém, o acordo não determina os meios para alcançar a meta. A conferência na Dinamarca foi criticada por cientistas e ambientalistas que afirmaram que houve frustração de expectativas.

Fonte: Agência Brasil