Início Destaque A Artista Plástica Allicia di Mares aposta no intuitivo e conquista cada...

A Artista Plástica Allicia di Mares aposta no intuitivo e conquista cada vez mais espaço no mundo das artes

Seu processo criativo para compor cada obra, tem inspiração em fotografias, viagens, músicas, leituras, escrita e meio ambiente

Allicia di Mares foi uma criança atenta a formas e cores. A natureza sempre a atraiu. Pelo fato de crescer em uma casa com jardim e quintal, utilizava gravetos, lápis de cor, canetinhas e tudo que lhe permitissem alcançar, para riscar e rabiscar na terra ou papel (jamais em paredes!).

“A arte é uma harmonia paralela à natureza.” (Paul Cézanne).

Em 2009. ela ingressou no ateliê de Umberto França, pintor, escultor, artista plástico, nascido em Minas Gerais, radicado no Rio de Janeiro, que conduziu e focou sua arte de pintar.

Em seu trabalho intuitivo, ela pinta e desenha com a mesma intensidade com que se aventurou na tapeçaria, pintura em porcelana, cerâmica, mosaico e papel machê. Allicia utiliza tinta acrílica, lápis, aquarela, pincel e espátula, aprendendo sempre. Desde 2009, suas pinturas estão presentes em salões de artes e exposições coletivas, premiadas com medalhas, destaques e menções honrosas. Possui trabalhos publicados em revistas, livros e catálogos diversos.

Estudou Artes Decorativas e Desenho e se formou no Instituto de Belas Artes do Rio de Janeiro com muitos experimentos em mosaico, gesso e projetos em plantas baixas, vitrines e objetos utilitários para serem realizados em acrílico e metal. Também estudou cerâmica com Alice Felzenwszwalb por cinco anos (1989-1993), participou de coletivas no BNDES e de aulas no Museu Histórico Nacional. Também esteve presente com cerâmicas e papel machê em lojas focadas em decoração e design.

O tema FANTASIA está presente em suas técnicas variadas de trabalho. Sua pintura expressa o contraponto de cores suaves e fortes que exercitam a leveza do pincel e a força da espátula. Fantasia é a palavra chave para o seu universo artístico, ela abre portas à imaginação em uma profusão de cores que atingem o limiar da figuração e da abstração total. Intuição e razão a conduzem simultaneamente, por temas variados que, às vezes, se sobrepõem, criando um universo particular.

Quando ela está em frente a uma tela em branco muitas lembranças afloram, e um traço inicial intuitivo a faz prosseguir para onde a fantasia lhe levar. Tem boas lembranças da EAV (Escola de Artes Visuais do Parque Lage), onde seguiu desenho com Gianguido Bonfanti e Orlando Mollica.

Como boa artista, ela observa e sente a arte em geral, constrói para desconstruir; se a obra já realizada pede ajustes. E procura seguir este conselho de Confúcio (Filósofo chinês, 552-479 AC): “NÃO IMPORTA O QUANTO VOCÊ DEMORE NO QUE FAZ, DESDE QUE NÃO PARE.”

“Eu pinto e desenho com a mesma intensidade com que me aventurei na tapeçaria, pintura em porcelana, cerâmica, mosaico e papel machê. Utilizo tinta acrílica, lápis, aquarela, pincel e espátula, aprendendo sempre. Desde 2009, minhas pinturas estão presentes em salões de artes e exposições coletivas, premiadas com medalhas de prata e bronze, duas paletas de prata ALAP, destaques e menções honrosas, no roteiro de Cara do Rio, Cara de Búzios, Brasília, São Paulo, Forte de Copacabana, Academia do Meio Ambiente, Saber Cultural, Escola Superior de Guerra, e outros de igual valor, adotando pseudônimos sempre variantes do meu nome e sobrenome.

Desde 2009,  Allicia di Mares participa ativamente em salões e coletivas nacionais, ganhando medalhas de prata, bronze, menções honrosas e destaques. No exterior, ela esteve presente na Spectrum Miami Art Show – Brazilian Artists. Teve trabalhos publicados na Revista Arte & Estilo, catálogos diversos e foi capa da edição 2021 da Revista Arte & Estilo e do livro ARTE BRASILEIRA 2020|2021.