Início Plantão Rio A Peça Coiteiros de Paixões terá Elba Ramalho no papel de Maria...

A Peça Coiteiros de Paixões terá Elba Ramalho no papel de Maria Bonita

 

De autoria do pernambucano Felipe Botelho, a peça trata sobre a liberdade individual no campo do amor e da sexualidade. Inspirada em lendárias utopias como Macondo e Xangri-lá, os atores da Cia de Teatro Cordão Encarnado transpoem-se para o universo do cangaço e traz, em participação especial, em vídeo, Elba Ramalho como Maria Bonita que trata de temas como preconceito, liberdade, afetividade e convivência.

 

 

A palavra Coiteiros significa indivíduo que dá asilo, favorece ou protege malfeitores. Em Coiteiros de Paixões o espetáculo dá vida a um grupo de pessoas que se refugia em um lugar chamado “Raso da Catarina”, um recorte da vida de homens e mulheres que vivem num lugar hedonista, isolado e com regras próprias.

 

 

A peça usa de circunstâncias inusitadas para expor, sem enfeites, temas como: Cross Dressing, Incesto, Orientações sexuais, Nudismo e Amor Livre. Questões delicadas que se contrapõem a um cenário onde impera o conservadorismo feudal dos grandes senhores do Sertão brasileiro.

 

 

A montagem de Coiteiros de Paixões é uma reflexão sobre preconceitos e tabus em nossa sociedade, provocando uma catarse que revalie nossos conceitos morais e condutas sociais, na construção de uma sociedade mais humana, democrática e justa.

 

 

Em um cenário carregado de siginificações folclóricas; o sertão, o autor pernambucano Luiz Felipe Botelho, joga com sete personagens que fogem de qualquer estereótipo, mostrando verdades tão chocantes quanto simples e poéticas. Botelho trata de forma surpreendente as relações pessoais desses cangaceiros acoitados em uma grota esquecida no meio do sertão.

 

 

Coiteiros de Paixões é um espetáculo criado a partir de uma linguagem corporal própria pesquisada e elaborada dos processos de estudos de técnicas do teatro gestual, mímica e manipulação de objetos cênicos.

 

 

A cena é construída a partir do ator, em sua experiência e capacidade de transformação. O espaço cênico, as marcações e a ausência de cenários formais contribuirão para uma maior evidência da expressividade dramática dos personagens e suas emoções, onde a transição de tempo e espaço se definem através de gestuais descobertos durante o processo de construção da cena. O próprio diretor, Josué Soares, se encarregou da preparação corporal com oficinas de corpo, mímica, manipulação e interpretação de objetos.

 

 

Um espetáculo cheio de surpresas que além de trazer como Maria Bonita, em vídeo, uma das mais conceituadas cantora/atriz nordestina (premiada como atriz em 1978), é Impróprio para menores de 18 anos por ter cenas de nudez. A curta temporada de Coiteiros de Paixões no SesC Tijuca (Rua Barão de Mesquita, 539) acontecerá durante os dois primeiros finais de semana de setembro (dias 6, 7 e 8; 13,14 e 15), sempre de sexta a domingo ás 19h.

 

 

FICHA TÉCNICA

LUIZ FELIPE BOTELHO é o autor do texto; A direção e preparação corporal é de Josué Soares. No elenco como participação especial, em vídeo, Elba Ramalho, e os atores da Cia Cordão Encarnado Alexandre Constantino, Angelo Mayerhofer, Danie Vaz, Daniela Tibau, Ernandes Cardosos e Joelma Paula; Os figurinos, adereços e a programação visual tem a assinatura de Ricardo Rocha. A direção musical de Dalus Gonçalves; A iluminação é de Pablo Rodrigues.

 

 

SERVIÇO: 

“Coiteiros de Paixões”, de Luiz Felipe Botelho
Estréia dia 6 de setembro (sexta-feira)

Curta temporada: 6, 7 e 8; 13,14 e 15(6ª sábado e domingo)

Horário: 19h

Local: SesC Tijuca – Rua Barão de Mesquita, 539 – 50 lugares Tel (21) 3238.2072

Classificação: 18 anos.

Ingressos: Sócios R$5,00 Inteira R$ 20,00 Meia R$10