Início Plantão Rio Ação Global atenderá mais de 2 milhões de pessoas

Ação Global atenderá mais de 2 milhões de pessoas

O Serviço Social da Indústria (SESI) e a Rede Globo realizarão neste sábado, 5 de maio, a 18ª edição da Ação Global. O evento, que será realizado simultaneamente em todos os estados do Brasil e no Distrito Federal, reunirá neste ano mais de 2,5 mil instituições e empresas parceiras, além de 40 mil voluntários. A Ação Global é um mutirão de solidariedade, que reúne instituições públicas, privadas e organizações não governamentais para prestar serviços à população. A expectativa dos organizadores é realizar mais de 2 milhões de atendimentos em todo o país. 

 

 

O principal objetivo do programa, explica a gerente de Responsabilidade Social Empresarial do SESI, Sueme Andrade, é montar uma rede de solidariedade para resgatar a cidadania de brasileiros socialmente excluídos. Segundo Sueme, milhares de pessoas estão à margem da sociedade simplesmente por não terem documentos básicos, como Carteira de Identidade ou Carteira de Trabalho.

 

Nesta edição, a Ação Global, que ocorre em diversas cidades do país, a população terá acesso a serviços médico e odontológico, orientação trabalhista, jurídica e profissional. Poderá obter certidão de nascimento e carteira profissional. Além disso, será possível tomar vacinas (cada estado tem uma oferta diferente), fazer exames médicos, participar de oficinas sobre hábitos saudáveis e cortar o cabelo. Em todas as praças da Ação Global haverá atividades de lazer com apresentações de teatro, música e dança.

 

Uma das tendências que vem sendo fortalecidas a cada edição da Ação Global é a oferta de atividades capazes de melhorar a vida de pessoas ou comunidades por um prazo maior do que apenas o dia do evento. Bom exemplo é o mutirão feito, no ano passado, pelos alunos do Ensino Fundamental do SESI de Contagem, em Minas Gerais. No dia do evento, eles se reuniram para acabar com um foco de dengue localizado ao lado de um movimentado ponto de ônibus. Para isso, limparam uma área de mata virgem, que ficava dentro de uma empresa privada, e representava perigo real para a saúde da população.

 

“É fundamental que a Ação Global deixe de ser uma ação pontual e passe a oferecer possibilidades de efetivamente transformar a vida das pessoas, promovendo inclusão social”, afirma o superintendente do SESI, Renato Caporali. Por isso, entre os serviços que serão oferecidos estão as oficinas de geração de renda.

 

A Ação Global foi criada pelo SESI de Minas Gerais em 1991 e passou a ocorrer em todo o país em 1995. Nesses 18 anos foram atendidas mais de 30 milhões de pessoas. No ano passado foram realizados mais de 1,8 milhão atendimentos e 643 mil pessoas passaram pelos 30 locais em que o evento foi promovido. O mutirão da Ação Global ocorre uma vez por ano, em um único dia, em todo Brasil. No Rio de Janeiro e em São Paulo, também são promovidas edições regionais, ao longo do ano.

 

Fonte: Assessoria