Início Plantão Brasil Ações que promovem Direitos Humanos podem receber prêmio de R$ 8 mil

Ações que promovem Direitos Humanos podem receber prêmio de R$ 8 mil

 A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) está com inscrições abertas para a 5ª edição do Prêmio Anamatra de Direitos Humanos no Mundo do Trabalho. Pessoas físicas e jurídicas, inclusive entidades não governamentais, empresas, cooperativas e o cidadão comum, que desenvolvam projetos e ações concretas relacionadas ao tema podem se inscrever, somente pelos Correios, até o dia 31 de julho. O prêmio é de R$ R$ 8.000,00 (oito mil reais) para cada categoria vencedora (são três ao total: Cidadã; “Programa Trabalho, Justiça e Cidadania”; e  Imprensa). Confira o regulamento e informações no site  www.anamatra.org.br.

 
Na última edição, um dos vencedores foi a presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Estrela (RS), Ligia Beatriz Hoss, com o projeto “Inclusão da pessoa com deficiência mental no mercado de trabalho: viabilizando acesso e demonstrando potencialidades”. A iniciativa funciona desde 2006 com uma equipe multidisciplinar que trabalha com as famílias, realizando contato com empresas da região, enviando perfil dos alunos e promovendo atividades para desmistificar a deficiência. O objetivo é colocar os jovens no mercado de trabalho e mostrar o potencial desta parte da população que encontra tantos preconceitos.

 
Além da premiação em dinheiro, no valor de R$ 8 mil, o vencedor de cada categoria/subcategoria também receberá a estatueta inspirada no “Cilindro de Ciro”.  “A cada ano o prêmio cresce e inova, agregando novos valores e ideais para que um número maior de pessoas possa participar”, afirma Sandra Miguel Abou Assali Bertelli, diretora de Cidadania e Direitos Humanos da Anamatra.

 
Cada participante pode efetuar apenas uma inscrição por categoria/subcategoria e as ações e os projetos inscritos deverão ter sido implementados ou executados de novembro de 2010 a junho de 2012.

 
Confira as categorias:

 
Cidadã: pessoas físicas e jurídicas, incluídas entidades não governamentais e outras entidades que desenvolvam projetos e ações concretas relacionadas ao tema;

 
“Programa Trabalho, Justiça e Cidadania”: alunos, professores e/ou escolas que promovam ações cidadãs e práticas de disseminação dos ideais de Justiça Social, por meio da aplicação do Programa “Trabalho, Justiça e Cidadania” da  ANAMATRA, observada a temática;

 
Imprensa: pessoas físicas ou jurídicas que tenham veiculado reportagens, série de matérias, fotografias ou campanhas  publicitárias relacionadas aos temas, nas seguintes subcategorias:
• Impresso (jornal, revista e internet);
• Televisão;
• Rádio;
• Fotografia (veiculada em jornal ou revista).
 
Não serão aceitos trabalhos acadêmicos, pesquisas, artigos, monografias, dissertações e teses.

 
Assessoria de Comunicação: CDN Comunicação Corporativa