Início Plantão Rio Acordo entre o Rio e a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha

Acordo entre o Rio e a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha

Cabral assina acordo - Foto de Governo do Rio

 

O Governo do Estado assinou, nesta quarta-feira (15/2), um protocolo de intenções com a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro com o objetivo de estimular e incrementar as relações comerciais entre os dois países. A assinatura ocorreu no Palácio Laranjeiras em evento comemorativo dos 95 anos da entidade. Nos últimos cinco anos, o estado recebeu a visita de mais de 50 comitivas de empresários alemães, lideradas quase sempre por ministros e secretários de Estado das áreas econômica, de infraestrutura, tecnologia e transportes do país germânico. Cerca de 60 delegações alemãs visitarão o Rio de Janeiro em 2012.

 

– As relações comerciais entre o Rio e a Alemanha tem se aprofundado. A Alemanha, neste momento tão desafiador da Europa é, sem dúvida, a bússola, a referência da retomada da Europa que todo o planeta deseja. Quando assumimos o governo encaramos os desafios como um raro momento de oportunidades e as empresas alemãs não nos faltaram na crença de que nós éramos capazes de retomar o crescimento do estado. Agradeço às companhias alemãs instaladas, dos grandes investimentos aos de pequeno porte, que tem contribuído para o desenvolvimento e a distribuição de renda – disse o governador Sérgio Cabral.

Visitando pela segunda vez o Rio de Janeiro, o Ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, agradeceu a hospitalidade destacando que as parcerias entre os dois países não são apenas relacionadas aos negócios. Ele lembrou que seu país busca relações sustentáveis e duradouras e ressaltou que considera a política governamental, promovida deste 2007, exitosa.

– As empresas alemãs não visitam o Rio apenas para realizar investimentos e voltar para casa com seus lucros. Elas buscam parcerias sustentáveis, que durem décadas. Esta dedicação vai muito além do interesse econômico. Defendemos os mesmos valores como, por exemplo, o da dignidade humana. Também quero ressaltar aqui que vim pela primeira vez ao Rio há 18 anos e afirmo que o panorama no estado mudou radicalmente. Há a questão da segurança pública, das oportunidades – disse.

Segundo o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha – RJ, só no ano passado o estado recebeu a visita de 40 delegações alemãs.

– Temos recebido inúmeras delegações, e o Rio de Janeiro tem sido extraordinário na recepção dos investimentos, muitos são em tecnologia e treinamento – disse.

Acordo de Cooperação

Pelo documento o Governo do Estado compromete-se a continuar a apoiar – através das secretarias especializadas, dos programas governamentais de estímulo a novos investimentos e à ampliação dos já existentes, das rodadas de negócios bilaterais e de reuniões com os seus corpos técnico e operacional – as empresas alemães instaladas no Estado, em especial no tocante aos mega-eventos esportivos, entre estes a Olimpíada de 2016.

Já a Câmara Brasil-Alemanha compromete-se a continuar a estimular junto aos empresários alemães a decisão por investimentos no Estado do Rio de Janeiro, em especial naqueles relativos às obras de infraestrutura requeridas pelos mega-eventos (Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016). Compromete-se também a mostrar as vantagens comparativas do Estado do Rio, como endereço mais adequado para sediar indústrias ou empresas alemãs, em especial a dos segmentos de logística, óleo e gás, siderurgia, turismo e hotelaria, tecnologia da informação, segurança, meio ambiente e formação profissional.

 

Câmara de Comércio e Indústria Brasil e Alemanha

A Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha é uma entidade que desenvolve um papel essencial no fomento das relações econômicas entre os dois países. Filiada à Confederação Alemã das Câmaras de Comércio e Indústria, que reúne cerca de 2,3 milhões de associados na Alemanha e mais de 50 mil em outros países, conta hoje com mais de 1,7 mil associados no Brasil, constituíndo-se na maior Câmara binacional da Alemanha no mundo.

Dentro dos seus princípios atua como base para o fortalecimento e a diversificação dos negócios de seus associados, na atração de investimentos para o Brasil, na ampliação do comércio bilateral e na cooperação entre os países do Mercosul e da União Européia.

 

Fonte: Governo do Rio