Início Plantão Rio Alerj vai ajudar a população

Alerj vai ajudar a população

A Comissão de Política Urbana, Habitação e Assuntos Fundiários da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) inaugura hoje (29/06), às 15h, um serviço para orientar e cadastrar a população do Estado do Rio de Janeiro no Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal.
A comissão vai dispor de uma sala com capacidade para receber 400 pessoas por dia, um veículo adaptado para circular por todo o estado, um serviço de ligações gratuitas (0800-282-8891) e um site (www.alerj.rj.gov.br/habitacao).
De acordo com o presidente da comissão, deputado Alessandro Calazans (PMN), o objetivo é cadastrar mais de 30 mil moradores fluminenses com renda de, no máximo, dez salários mínimos, até dezembro de 2009. O programa habitacional prevê a construção de um milhão de moradias, sendo 400 mil só no estado do Rio.
— Queremos facilitar o acesso de todos os cidadãos ao Minha Casa, Minha Vida criando, através do cadastramento, uma oportunidade para que o sonho da casa própria se torne uma realidade à população — afirmou Calazans.
O lançamento dos serviços será no prédio administrativo da Alerj, na Rua da Alfândega, 8, sobreloja, com a presença do presidente da Alerj, deputado Jorge Picciani (PMDB), da superintendente da Caixa Econômica Federal no Rio, Nelma Tavares, e do secretário estadual de Habitação, Leonardo Picciani.
O atendimento itinerante será prestado por um veículo com quatro atendentes, de segunda a sexta-feira, e inicialmente será feito em pontos de grande concentração de público, como a Central do Brasil, o Largo da Carioca e a Cinelândia. No serviço de ligação gratuita, a população contará com atendimento de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, onde poderá ter orientações e tirar todas as dúvidas sobre o programa federal.
Já a sala de atendimento no prédio administrativo conta com 50 lugares e terá quatro atendentes para orientação jurídica. Além disso, lá serão cadastrados, de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 17h, os cidadãos que procurarem o atendimento.
No site, o cidadão poderá ter todas as informações e também a opção de fazer o cadastramento on line, 24 horas por dia, durante toda a semana.
— Vamos criar um banco de dados para enviar à Caixa Econômica, para que os inscritos pela Comissão de Habitação possam participar do programa. Este serviço de orientação e cadastramento é uma forma de o cidadão ver a Alerj próxima a ele, prestando mais um importante serviço — diz.
 A Comissão de Habitação preparou também folhetos explicativos, cartilhas,
 cartazes para auxiliar no entendimento do que é, como funciona e de como
 o cidadão pode se cadastrar no programa habitacional.

 

Fonte: Alerj