Início Plantão Rio Anel viário integrará Pavão-Pavãozinho a Cantagalo

Anel viário integrará Pavão-Pavãozinho a Cantagalo

As obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nas comunidades do Pavão/Pavãozinho e Cantagalo continuam em ritmo acelerado. Depois do saneamento básico, recuperação de vias e da construção dos primeiros 56 apartamentos na Estrada do Cantagalo, agora é a vez da abertura do principal circuito viário que vai integrar todas as regiões e permitir o acesso de serviços como coleta de lixo e ambulâncias a todos os pontos dos dois morros.
 
 
A Rua Custódio de Mesquita, no Cantagalo, irá integrar o novo elevador que ligará a comunidade à estação General Osório, do Metrô, à Estrada do Cantagalo, vai permitir uma melhor ventilação na região, além de oferecer um visual de toda a região entre Ipanema e Copacabana. Hoje, a rua é apenas de uma viela, cercada de paredes por todos os lados. Se algum morador necessita de socorro, é preciso retirá-lo nos braços até a Estrada do Cantagalo, para que ele possa ser socorrido.
 
 
– A principal diretriz das obras do PAC nas comunidades é a acessibilidade. Hoje, o que vemos, são vielas que, em certas partes, não permite sequer a passagem de uma bicicleta. Essas vias estão arejando as comunidades, diminuindo o índice de doenças nessas áreas, e garantindo que todos os moradores possam ter acesso a serviços públicos e atenção, em caso de necessidade – frisou Luiz Fernando Pezão, vice-governador e secretário de Obras.
 
 
Já a Avenida Pavão ligará a Estrada do Cantagalo até a pedreira, sobre o túnel da Rua Barata Ribeiro, permitindo aos moradores uma melhor movimentação. Hoje, quando saem de casa, são obrigados a descer várias escadarias para chegar ao plano inclinado e, então, ter acesso à Rua Saint Roman, que liga os bairros de Copacabana e Ipanema, margeando as comunidades.
 
 
Para a construção desse sistema viário serão demolidas 231 casas. O processo de desapropriação está avançado e alguns já deixaram suas casas. Eles ficarão em casas alugadas na própria comunidade, enquanto esperam a construção das novas unidades habitacionais. Os que preferirem indenização, ou que o governo compre outra casa para eles, desde que dentro do valor de sua casa, também serão atendidos.
 
 
Outras melhorias estão em curso, como uma rua que irá ligar a Avenida Pavão à Rua Saint Roman, nas imediações da Rua Sá Ferreira, em Copacabana, e a construção do Largo do Samba, na Estrada do Cantagalo, em frente a quadra da Escola de Samba Alegria da Zona Sul. Um antigo hotel que estava abandonado e foi invadido por 30 famílias há alguns anos, passará por uma grande reforma e será transformado em um prédio para atender aos seus moradores.
 
 
– Essas famílias estão morando em péssimas condições. Vamos recuperar essa construção e transformar os quartos em verdadeiros lares – concluiu Pezão.

Fonte: Secretaria de Obras e Vice-governadoria