Início Uncategorized ‘Bacurau’ vence o prêmio de melhor filme da competição internacional no Festival...

    ‘Bacurau’ vence o prêmio de melhor filme da competição internacional no Festival de Munique

    O filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles também já foi vendido para múltiplos territórios, incluindo EUA e Canada.

    Produtora de Bacurau, Emilie Lesclaux, e o diretor Juliano Dornelles, recebem Prêmio de Melhor Filme no Festival de Munique, na Alemanha — Foto: Reprodução/Redes sociais

    “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, venceu o prêmio de melhor filme no 37° Festival de Cinema de Munique (Filmfest München), na principal Mostra, a CineMasters CompetitionEm maio, o longa havia sido contemplado com o Prêmio do Júri no Festival de Cannes, onde teve sua première mundial. No Brasil, “Bacurau” terá sua primeira projeção no Festival de Gramado, como Filme de Abertura fora de competição no dia 16 de agosto. A estreia nas salas brasileiras será no dia 29 de agosto, com distribuição da Vitrine Filmes.

    O prêmio em Munique prevê 50 mil euros em equipamentos Arri para o próximo filme dos realizadores. Juliano Dornelles, codiretor e coroteirista de  Bacurau” e a produtora Emilie Lesclaux, foram a Munique receber o prêmio. “Uma honra poder receber esse prêmio que ja permite pensar num próximo projeto”, diz Emilie Lesclaux. Bacurau  teve a sua première portuguesa sábado à noite abrindo o Festival de Vila do Conde para um Teatro Municipal lotado. A sessão foi apresentada por Kleber Mendonça Filho.

    Desde sua première mundial em Cannes, Bacurau”  ja recebeu convites para mais de 100 festivais e mostras ao redor do mundo e já foi vendido para inúmeros territórios em cerca de, até agora, 30 países. A distribuição internacional inclui lançamentos em salas, home video e streaming nos Estados Unidos e CanadaReino UnidoFrança, Japão, Bélgica, Luxemburgo, Holanda, República Tcheca, Taiwan, em países da América Latina e Escandinávia.

    Nos Estados Unidos, os direitos de distribuição foram comprados pela prestigiosa Kino Lorber, que tem lançado filmes como o vencedor da Palma de Ouro em Cannes Sono de Inverno”, de Nuri Blidge Ceylan, o Urso de Prata em Berlim “Tabu” de Miguel Gomes e “A Visitante Francesa” de Hong Sang-Soo. Em entrevista à revista Variety, esta semana, a Vice-Presidente da distribuidora Wendy Lidell, afirmou que Bacurau”  tem potencial. “Platéias certamente serão seduzidas pela atmosfera fantástica do filme, que mistura questões politicas, humanismo, ficção cientifica e elementos do gênero Western, e há elementos para tornar-se um sucesso de bilheteria”.

    “Bacurau” também já foi exibido no Festival de Cinema de Sidney, Austrália, e no SoFilm Summercamp, em Nantes, e La Rochelle, ambos na França (onde o filme estreia em setembro), e segue esta semana para a competição do Neuchâtel International Fantastic Film Festival, na Suíça.

    Rodado no Sertão do Seridó, divisa do Rio Grande do Norte com a Paraíba, “Bacurau” é um filme de aventura ambientado no Brasil ‘daqui a alguns anos’. Conta a história do povoado Bacurau, que some do mapa após o falecimento de uma de suas moradoras mais queridas, Dona Carmelita, aos 94 anos.

    “Bacurau” é a segunda coprodução entre a CinemaScopio do Recife (“O Som ao Redor”, “Aquarius”) e a SBS em Paris (“Synonymes”, de Navad Lapid, vencedor do urso de ouro em Berlim, “Elle, de Paul Verhoeven, “Mapas Para as Estrelas”, de David Cronenberg). “Bacurau” tambéé uma coprodução com a Globo Filmes, Simio Filmes, Arte France Cinema, Telecine e Canal Brasil.

    Produzido por Emilie Lesclaux, Said Ben Said e Michel Merkt, tem patrocínio da Petrobras, Fundo Setorial do Audiovisual, Funcultura (Governo de Pernambuco) e do CNC (Centre National de la Cinematographie, France).

     

    SINOPSE

    Um western brasileiro. Um filme de aventura e ficção científica.  Daqui a alguns anos… BACURAU, um pequeno povoado do sertão brasileiro, dá adeus a Dona Carmelita, mulher forte e querida, falecida aos 94 anos. Dias depois, os moradores de Bacurau percebem que a comunidade nao consta mais nos mapas.

     

    ELENCO

    Sonia Braga : Domingas

    Udo Kier : Michael

    Teresa: Bárbara Colen 

    Pacote: Thomás Aquino 

    Lunga: Silvero Pereira

    Plinio: Wilson Rabelo

    Damiano: Carlos Francisco  

    Forasteira: Karine Teles 

    Forasteiro: Antonio Saboia

    Erivaldo: Rubens Santos  

    Isa: Luciana Souza

    Madalena: Eduarda Samara 

    Carmelita: Lia de Itamaracá

    Terry: Jonny Mars

    Kate: Alli Willow

    Jake: James Turpin 

    Julia: Julia Marie Peterson

    Bob: Charles Hodges  

    Willy: Chris Doubek

    Joshua: Brian Townes

    Carranca: Rodger Rogério

    DJ Urso: Jr. Black 

    Madame: Zoraide Coleto

    Sandra: Jamila  Facury

    Deisy: Ingrid Trigueiro

    Robson : Edilson Silva 

    Tony Jr: Thardelly Lima

    Claudio: Buda Lira 

    Nelinha: Fabiola Liper

    Flavio: Marcio Fecher 

    Maciel: Val Junior

    Raolino: Uirá dos Reis 

    Bidé: Valmir do Coco

    Luciene: Suzy Lopes 

    Angela: Clebia Sousa

    Darlene: Danny Barbosa 

     

     

    FICHA TÉCNICA

    Roteiro e Direção: Kleber Mendonça Filho & Juliano Dornelles

    Produção: Emilie Lesclaux, Saïd Ben Saïd et Michel Merkt 

    Produtora Executiva: Dora Amorim

    Produtor Associado: Carlos Diegues

    Diretor de Fotografia: Pedro Sotero

    Diretor de Arte: Thales Junqueira

    Figurino: Rita Azevedo

    Montagem: Eduardo Serrano

    Som : Nicolas Hallet

    Design de som e montagem de som : Ricardo Cutz

    Mixagem:  Cyril Holtz e Ricardo Cutz

    Casting: Marcelo Caetano

    1° assistente de direção : Daniel Lentini

    Direção de Produção: Cristina Alves & Dedete Parente

    Música Original: Mateus Alves e Tomaz Alves Souza

    Caracterização e Efeitos: Tayce Vale